×
Agente de Apoio Socioeducativo Analista Técnico - Assistente Social Analista Técnico - Psicólogo Analista Administrativo Analista Administrativo - Advogado Técnico de Enfermagem do Trabalho Técnico de Enfermagem do Trabalho
×
FUNDAÇÃO CASA 2010 FUNDAÇÃO CASA 2011

FUNDAÇÃO CASA 2013

Agente de Apoio Operacional

Questão 1

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
1
Os consumidores são assediados pelo marketing a todo
 
momento para comprarem além do que necessitam, mas somente
 
eles podem decidir o que vão ou não comprar. É como se abris­
 
sem em nós uma “caixa de necessidades”, mas só nós temos o
5
poder da escolha.
 
Cada vez mais precisamos do consumo consciente. Será que
 
paramos para pensar de onde vem o produto que estamos consu­
 
mindo e se os valores da empresa são os mesmos em que acredi­
 
tamos? A competitividade entre as empresas exige que elas evo­
10
luam para serem opções para o consumidor. Nos anos 60, saber
 
fabricar qualquer coisa era o suficiente para ter uma empresa.
 
Nos anos 70, era preciso saber fazer com qualidade e altos índi­
 
ces de produção. Já no ano 2000, a preocupação era fazer melhor
 
ou diferente da concorrência e as empresas passaram a atuar com
15
responsabilidade socioambiental.
 
O consumidor tem de aprender a dizer não quando a sua
 
relação com a empresa não for boa. Se não for boa, deve comprar
 
o produto em outro lugar. Os cidadãos não têm ideia do poder
 
que possuem.
20
É importante, ainda, entender nossa relação com a empresa
 
ou produto que vamos eleger. Temos uma expectativa, um envol­
 
vimento e aceitação e a preferência dependerá das ações que
 
aprovamos ou não nas empresas, pois podemos mudar de ideia.
 
Há muito a ser feito. Uma pesquisa mostrou que 55,4% das
25
pessoas acreditam no consumo consciente, mas essas mesmas
 
pessoas admitem que já compraram produto pirata. Temos de
 
refletir sobre isso para mudar nossas atitudes.
(Jornal da Tarde 24.04.2007. Adaptado)
De acordo com a leitura do texto, pode­se afirmar que os consumidores

Questão 2

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
1
Os consumidores são assediados pelo marketing a todo
 
momento para comprarem além do que necessitam, mas somente
 
eles podem decidir o que vão ou não comprar. É como se abris­
 
sem em nós uma “caixa de necessidades”, mas só nós temos o
5
poder da escolha.
 
Cada vez mais precisamos do consumo consciente. Será que
 
paramos para pensar de onde vem o produto que estamos consu­
 
mindo e se os valores da empresa são os mesmos em que acredi­
 
tamos? A competitividade entre as empresas exige que elas evo­
10
luam para serem opções para o consumidor. Nos anos 60, saber
 
fabricar qualquer coisa era o suficiente para ter uma empresa.
 
Nos anos 70, era preciso saber fazer com qualidade e altos índi­
 
ces de produção. Já no ano 2000, a preocupação era fazer melhor
 
ou diferente da concorrência e as empresas passaram a atuar com
15
responsabilidade socioambiental.
 
O consumidor tem de aprender a dizer não quando a sua
 
relação com a empresa não for boa. Se não for boa, deve comprar
 
o produto em outro lugar. Os cidadãos não têm ideia do poder
 
que possuem.
20
É importante, ainda, entender nossa relação com a empresa
 
ou produto que vamos eleger. Temos uma expectativa, um envol­
 
vimento e aceitação e a preferência dependerá das ações que
 
aprovamos ou não nas empresas, pois podemos mudar de ideia.
 
Há muito a ser feito. Uma pesquisa mostrou que 55,4% das
25
pessoas acreditam no consumo consciente, mas essas mesmas
 
pessoas admitem que já compraram produto pirata. Temos de
 
refletir sobre isso para mudar nossas atitudes.
(Jornal da Tarde 24.04.2007. Adaptado)
Conforme informações do texto, o consumo consciente depende

Questão 3

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
1
Aquilo que a tradição jurídica europeia continental
 
chama de Estado de direito é, com apenas pequenas
 
distinções, basicamente o que a tradição jurídica
 
anglo-saxônica chama de rule of law (domínio da lei), ou
5
seja, a garantia de proibição do exercício arbitrário do poder,
 
a exigência de normas públicas claras e consistentes e a
 
existência de tribunais acessíveis e estruturados para ouvir e
 
determinar as diversas reivindicações legais. Contudo, ao
 
contrário do que ocorre com a expressão Estado de direito, o
10
termo rule of law não apresenta qualquer indício de
 
contradição ou de redundância, pois o que ele evoca é
 
claramente uma limitação ao exercício do poder político, ou
 
seja, a eliminação do arbítrio no exercício dos poderes
 
públicos com a consequente garantia de direitos dos
15
indivíduos perante esses poderes.
 
A tradição anglo-saxônica do rule of law não atribui
 
uma dimensão meramente formal à ideia de Estado de
 
direito, incluindo também uma dimensão substancial. Com
 
efeito, a rule of law não apenas submete o exercício do
20
poder ao direito, concebendo diversos mecanismos de
 
controle dos atos governamentais, mas também concede aos
 
indivíduos direitos inalienáveis anteriores à própria ordem
 
estatal. Nesse sentido, é importante ressaltar que o princípio
 
do devido processo legal relaciona-se à ideia de que os
25
indivíduos, além de serem tratados segundo aquilo que a lei
 
lhes reserva ou atribui (igualdade perante a lei), devem
 
fundamentalmente ser tratados segundo procedimentos
 
justos e equitativos.
 
Nos países que pertencem à tradição do civil law, ao
30
contrário, a noção de Estado de direito foi concebida
 
inicialmente em uma dimensão meramente formal,
 
confundindo-se com o próprio princípio da legalidade, que
 
estabelece que todos os atos emanados dos órgãos do
 
Estado devem estar habilitados juridicamente, isto é, devem
35
estar fundados e motivados em uma hierarquia de normas
 
públicas, claras, abstratas e gerais.
 
Essa submissão do poder estatal à hierarquia das
 
normas sofreu uma inflexão com o advento do chamado
 
Estado de bem-estar social. Esse novo modelo, oriundo das
40
revoluções sociais do século XX, passou a atribuir novas
 
responsabilidades à ordem estatal, principalmente a de
 
assumir o desenvolvimento econômico e social, criando
 
mecanismos de proteção contra os efeitos colaterais da
 
economia de mercado.
45
Nos últimos anos, a tradição continental passou a
 
incorporar a dimensão substancial da rule of law, incluindo
 
dispositivos de garantia dos direitos fundamentais. Essa
 
nova modalidade de Estado de direito vem recebendo o
 
nome de Estado constitucional. A principal distinção entre o
50
Estado constitucional e as antigas noções de Estado de
 
direito encontra-se no fato de que o primeiro não se limita
 
aos aspectos formais da legalidade do exercício do poder,
 
mas inclui normas substanciais expressas nos chamados
 
princípios constitucionais e nas normas relativas aos direitos
55
fundamentais.
 
Eduardo R. Rabenhorst. Democracia e direitos fundamentais. Em torno da noção de estado de direito. Internet: www.dhnet.org.br (com adaptações).
Em relação a aspectos morfossintáticos e semânticos do texto, assinale a alternativa correta.

Questão 4

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
1
Os consumidores são assediados pelo marketing a todo
 
momento para comprarem além do que necessitam, mas somente
 
eles podem decidir o que vão ou não comprar. É como se abris­
 
sem em nós uma “caixa de necessidades”, mas só nós temos o
5
poder da escolha.
 
Cada vez mais precisamos do consumo consciente. Será que
 
paramos para pensar de onde vem o produto que estamos consu­
 
mindo e se os valores da empresa são os mesmos em que acredi­
 
tamos? A competitividade entre as empresas exige que elas evo­
10
luam para serem opções para o consumidor. Nos anos 60, saber
 
fabricar qualquer coisa era o suficiente para ter uma empresa.
 
Nos anos 70, era preciso saber fazer com qualidade e altos índi­
 
ces de produção. Já no ano 2000, a preocupação era fazer melhor
 
ou diferente da concorrência e as empresas passaram a atuar com
15
responsabilidade socioambiental.
 
O consumidor tem de aprender a dizer não quando a sua
 
relação com a empresa não for boa. Se não for boa, deve comprar
 
o produto em outro lugar. Os cidadãos não têm ideia do poder
 
que possuem.
20
É importante, ainda, entender nossa relação com a empresa
 
ou produto que vamos eleger. Temos uma expectativa, um envol­
 
vimento e aceitação e a preferência dependerá das ações que
 
aprovamos ou não nas empresas, pois podemos mudar de ideia.
 
Há muito a ser feito. Uma pesquisa mostrou que 55,4% das
25
pessoas acreditam no consumo consciente, mas essas mesmas
 
pessoas admitem que já compraram produto pirata. Temos de
 
refletir sobre isso para mudar nossas atitudes.
(Jornal da Tarde 24.04.2007. Adaptado)
No trecho – Temos uma expectativa, um envolvimento e aceitação... –, a palavra destacada apresenta sentido contrário de

Questão 5

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Assinale a alternativa que apresenta palavra empregada no sentido figurado.

Questão 6

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Assinale a alternativa em que a pontuação está de acordo com a norma culta da língua.

Questão 7

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Assinale a alternativa em que o verbo destacado está no tempo futuro.

Questão 8

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
No trecho – Temos de refletir sobre isso para mudar nossas atitudes. –, a palavra destacada apresenta sentido de

Questão 9

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Assinale a alternativa em que a concordância da palavra destacada está de acordo com a norma culta da língua.

Questão 10

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Há pessoas que, mesmo sem condições, compram produ­ tos _________ não necessitam e _________ tendo de pagar tudo _________ prazo.

Assinale a alternativa que preenche as lacunas, correta e res­ pectivamente, considerando a norma culta da língua.

Questão 11

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Para comprar uma bicicleta no valor de R$ 240,00, um jo­vem juntou durante oito meses 1/4 da mesada que recebe de seu pai. No dia em que iria comprar a bicicleta, sua mãe co­laborou com R$ 60,00, mas, mesmo assim, ainda lhe falta­vam R$ 20,00. A mesada que seu pai lhe dá é de

Questão 12

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Para descobrir o volume de um objeto irregular e cheio de pontas, João encheu completamente um aquário de 30 cm de comprimento [a], 20 cm de largura [b] e 10 cm de altura [c]. Ao mergulhar completamente esse objeto no aquário, parte da água transbordou. Ao retirar o objeto, João observou que a água ocupava 3/4 da altura do aquário.

Dado: volume do aquário
V = a.b.c

Ele concluiu, corretamente, que o volume desse objeto, em litros, é de

Questão 13

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
A tabela a seguir mostra o desempenho dos candidatos em um concurso.


Sabendo­se que 180 candidatos tiveram notas entre 5,1 a 10,0, o total de candidatos desse concurso foi

Questão 14

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Um atleta está treinando para fazer 1 500 metros em 5 minu­ tos. Como ele pretende manter um ritmo sempre constante, deve fazer cada 100 metros em

Questão 15

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Um trabalhador A ganha por mês R$ 1.200,00 e gasta R$ 900,00 entre aluguel, transporte e alimentação. Outro tra­ balhador B ganha R$ 2.500,00 e suas despesas com os mes­ mos itens do trabalhador A é de R$ 2.000,00. Considerando­se a porcentagem do salário utilizada com as despesas, pode­se concluir que o trabalhador B tem um gasto superior ao do tra­ balhador A em

Questão 16

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Hoje, a minha idade é o dobro da idade de meu filho e a idade de meu filho é o triplo da idade de meu neto. Se daqui a 6 anos a soma de nossas idades for de 118 anos, eu tenho, a mais do que o meu neto,

Questão 17

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Um jornal tem 50 folhas. Cada folha mede 50 cm por 40 cm. Um pintor utiliza­o para forrar o chão de uma sala. Supondo que não haja espaços entre cada folha e nem folhas sobrepos­ tas, a superfície que ele consegue forrar com esse jornal é:

Questão 18

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
De um total de 180 candidatos, 2/5 estudam inglês, 2/9 es­tudam francês, 1/3 estuda espanhol e o restante estuda alemão. O número de candidatos que estuda alemão é:

Questão 19

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Em um estado do Sudeste, um Agente de Apoio Operacional tem um salário mensal de: salário­base R$ 617,16 e uma gratificação de R$ 185,15. No mês passado, ele fez 8 horas extras a R$ 8,50 cada hora, mas precisou faltar um dia e foi descontado em R$ 28,40. No mês passado, seu salário totalizou

Questão 20

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Dois irmãos dividiram igualmente entre si uma herança. Após um ano, um deles, com aplicações financeiras, havia triplicado o valor recebido, enquanto o outro havia gasto grande parte, reduzindo o valor recebido a sua terça parte. Em relação ao valor que coube a cada um na herança, o ir­ mão que aplicou tinha a mais do que aquele que gastou o equivalente a

Questão 21

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direi­ tos referentes à criança e ao adolescente é dever

Questão 22

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Conforme prescreve o Estatuto da Criança e do Adolescente, a Entidade de Atendimento não governamental somente poderá funcionar depois de registrada junto ao(s)

Questão 23

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Sobre a medida socioeducativa da internação, assinale a alternativa correta.

Questão 24

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
O adolescente apreendido em flagrante de ato infracional será, desde logo, encaminhado

Questão 25

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Conforme estabelece a Constituição Federal, o direito das crianças e dos adolescentes à proteção especial abrange, dentre outros aspectos,

Questão 26

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
No recebimento de refeições quentes transportadas, os ali­ mentos deverão estar acondicionados em recipientes herme­ ticamente fechados na temperatura mínima de

Questão 27

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Os alimentos quentes, que estão aguardando para serem dis­ tribuídos no balcão térmico, deverão ser mantidos sob um controle rigoroso de tempo e temperatura para evitar a mul­ tiplicação microbiana. Recomenda­se que esses alimentos que estejam abaixo de 60 ºC poderão permanecer, no má­ ximo,

Questão 28

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Verifique se as afirmativas apresentadas são (v) verdadeira ou (f ) falsa.

I. ( ) Durante a distribuição dos alimentos no balcão tér­ mico, as cubas deverão permanecer tampadas quando houver alguma interrupção na fila.

II. ( ) Abastecer os balcões térmicos com alimentos em quantidade suficiente, pois não é permitido repor os ali­ mentos durante a distribuição.

III. ( ) Retirar os alimentos dos balcões tão logo termine a distribuição.

Assinale a alternativa correta.

Questão 29

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Quanto à remoção de roupa suja da unidade, é recomendável

Questão 30

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Quanto à higienização manual de utensílios, deve­se

I. umedecer a esponja em solução detergente;

II. retirar o excesso de sujidades e/ou recolher os resíduos;

III. lavar com água aquecida;

IV. enxaguar em água corrente até remoção total do deter­ gente e demais resíduos.

A sequência correta é:

Questão 31

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Na desinfecção dos talheres, é recomendado

Questão 32

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Os utensílios poderão permanecer guardados

Questão 33

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Quanto à limpeza do chão da cozinha, é permitido

Questão 34

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Os resíduos orgânicos decorrentes das refeições servidas de­ vem ser acondicionados em

Questão 35

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
O resíduo sólido acumulado na cozinha poderá

Questão 36

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
No carregamento de materiais diversos, é correto afirmar que o agente de apoio operacional deve

Questão 37

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
A Associação Brasileira da Indústria do Café recomenda alguns cuidados quanto à utilização do filtro ou do coador de café, tais como:

Questão 38

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
O agente de apoio operacional deverá seguir algumas prá­ ticas de higiene operacional durante a manipulação, com a finalidade de evitar a contaminação dos alimentos, por exemplo,

Questão 39

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Quanto ao armazenamento dos alimentos, devem­se se­ guir algumas práticas visando à preservação da qualidade, a saber,

Questão 40

FUNDAÇÃO CASA 2013 - VUNESP - Agente de Apoio Operacional
Na higienização da máquina de suco, deve­se utilizar



Provas de Concursos » Vunesp 2013