×
Técnico Judiciário - Apoio Especializado/Telecomunicações e Eletricidade Analista Judiciário - Área Judiciária Analista Judiciário - Apoio Especializado/Biblioteconomia
×
STJ 2008 STJ 2015 STJ 2018

STJ 2012

Analista Judiciário - Psicologia

Questão 1

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às ideias e estruturas linguísticas do texto, julgue os itens a seguir.
Infere-se do texto que a descoberta arqueológica da tumba de Ramsés precede as investigações de arqueólogos acerca da biblioteca de Alexandria.
Questão 2

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às ideias e estruturas linguísticas do texto, julgue os itens a seguir.
Depreende-se do texto que a pesquisa arqueológica deve prescindir de fontes documentais e concentrar-se na avaliação de achados materiais.
Questão 3

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às ideias e estruturas linguísticas do texto, julgue os itens a seguir.
De acordo com o texto, após muitos anos de pesquisa frustrada, baseada em pressupostos culturais equivocados, os arqueólogos encontraram as ruínas da biblioteca de Alexandria e os rolos que constituíam seu acervo.
Questão 4

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
O trecho “jamais poderiam localizá-la” (L.22) poderia ser corretamente reescrito da seguinte forma: jamais a poderiam localizar.
Questão 5

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
A preposição “para”, em “para a discussão” (L.3) e em “para colecionar livros” (L.25), introduz expressão que exprime finalidade.
Questão 6

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
A partícula “se”, em “Tratava-se” (L.7) e em “se encontravam” (L.9-10), classifica-se como pronome reflexivo e retoma, respectivamente, “uma biblioteca imaginária” (L.7) e “centenas de milhares de rolos” (L.10).
Questão 7

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas e à pontuação do texto, julgue os itens que se seguem.
Na linha 40, é obrigatório o emprego da vírgula após o travessão.
Questão 8

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
1
Fundada por Ptolomeu Filadelfo, no início do século
 
III a.C., a biblioteca de Alexandria representa uma epígrafe
 
perfeita para a discussão sobre a materialidade da
 
comunicação. As escavações para a localização da biblioteca,
5
sem dúvida um dos maiores tesouros da Antiguidade,
 
atraíram inúmeras gerações de arqueólogos. Inutilmente.
 
Tratava-se então de uma biblioteca imaginária, cujos livros
 
talvez nunca tivessem existido? Persistiam, contudo,
 
numerosas fontes clássicas que descreviam o lugar em que se
10
encontravam centenas de milhares de rolos. E eis a solução
 
do enigma. O acervo da biblioteca de Alexandria era
 
composto por rolos e não por livros — pressuposição por
 
certo ingênua, ou seja, atribuição anacrônica de nossa
 
materialidade para épocas diversas. Em vez de um conjunto
15
de salas com estantes dispostas paralelamente e enfeixadas
 
em um edifício próprio, a biblioteca de Alexandria consistia
 
em uma série infinita de estantes escavadas nas paredes da
 
tumba de Ramsés. Ora, mas não era essa a melhor forma de
 
colecionar rolos, preservando-os contra as intempéries? Os
20
arqueólogos que passaram anos sem encontrar a biblioteca de
 
Alexandria sempre a tiveram diante dos olhos, mesmo ao
 
alcance das mãos. No entanto, jamais poderiam localizá-la,
 
já que não levaram em consideração a materialidade dos
 
meios de comunicação dominante na época: eles, na verdade,
25
procuravam uma biblioteca estruturada para colecionar livros
 
e não rolos. Quantas bibliotecas de Alexandria permanecem
 
ignoradas devido à negligência com a materialidade dos
 
meios de comunicação?
 
O conceito de materialidade da comunicação supõe
30
a reconstrução da materialidade específica mediante a qual os
 
valores de uma cultura são, de um lado, produzidos e, de
 
outro, transmitidos. Tal materialidade envolve tanto o meio
 
de comunicação quanto as instituições responsáveis pela
 
reprodução da cultura e, em um sentido amplo, inclui as
35
relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos
 
mentais de uma época determinada. Vejamos: para o
 
entendimento de uma forma particular de comunicação —
 
por exemplo, o teatro na Grécia clássica ou na Inglaterra
 
elizabetana; o romance nos séculos XVIII e XIX; o cinema
40
e a televisão no século XX; o computador em nossos dias —,
 
o estudioso deve reconstruir tanto as condições históricas
 
quanto a materialidade do meio de comunicação. Assim, no
 
teatro, a voz e o corpo do ator constituem uma materialidade
 
muito diferente da que será criada pelo advento e difusão da
45
imprensa, pois os tipos impressos tendem, ao contrário, a
 
excluir o corpo do circuito comunicativo. Já os meios
 
audiovisuais e informáticos promovem um certo retorno do
 
corpo, mas sob o signo da virtualidade. Compreender,
 
portanto, como tais materialidades influem na elaboração do
50
ato comunicativo é fundamental para se entender como
 
chegam a interferir na própria ordenação da sociedade.
João C. de C. Rocha. A matéria da materialidade: como localizar a biblioteca de Alexandria? In: João C. de C. Rocha (Org.). Interseções: a materialidade da comunicação. Rio de Janeiro: Imago; EDUERJ, 1998, p. 12, 14-15 (com adaptações).
Com relação às estruturas linguísticas e à pontuação do texto, julgue os itens que se seguem.
Sem prejuízo para a correção gramatical do texto, o período “Tal materialidade (...) época determinada” (L.32-36) poderia ser assim reescrito: O meio de comunicação, assim como as instituições responsáveis por reproduzir a cultura, é compreendido por essa materialidade, que, em um sentido amplo, abrange as relações entre meio de comunicação, instituições e hábitos mentais de certa época.
Questão 9

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
julgue os itens a seguir.
Estará correto iniciar a ata da sessão da seguinte forma: Aos dezoito dias do mês de junho do ano de dois mil e doze, às dezenove horas, na Capital da República Federativa do Brasil, na Sala de Sessões Plenárias do Superior Tribunal de Justiça, reuniram-se, em sessão solene, os membros da Corte, sob a presidência do Excelentíssimo Senhor Ministro Fulano de Tal, para empossar no cargo de Ministro do Superior Tribunal de Justiça o Excelentíssimo Senhor Doutor Beltrano de Tal.
Questão 10

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
julgue os itens a seguir.
O convite ao presidente do STF deverá ser feito mediante ofício, se o remetente for o chefe da assessoria de cerimonial do STJ, ou mediante memorando, se o remetente for o próprio presidente do STJ.
Questão 11

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
julgue os itens a seguir.
Na correspondência oficial a ser enviada ao prefeito da cidade de Campinas, devem ser empregados o vocativo “Senhor Prefeito” e o pronome de tratamento “Vossa Excelência”.
Questão 12

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue o próximo item, referente à adequação da linguagem na elaboração de expedientes oficiais.
Expediente que contenha a seguinte resposta: “Em atenção ao Memo n. 03/11, a data é 10/2/2011”, em vez de “Em atenção ao Memo n. 03/11, que trata das férias de servidores desta Coordenadoria, informo que elas se iniciaram no dia 10/2/2011”, está desrespeitando as normas referentes à concisão, um dos requisitos básicos da redação oficial.
Questão 13

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia


A partir da figura acima, que mostra a janela Painel de Controle de um computador com sistema operacional Windows 7, julgue os itens seguintes.

A partir da opção Sistema e Segurança, o usuário pode visualizar as configurações de atualizações automáticas (Windows Update).
Questão 14

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia


A partir da figura acima, que mostra a janela Painel de Controle de um computador com sistema operacional Windows 7, julgue os itens seguintes.

Ao clicar em Desinstalar um programa, o usuário será direcionado a uma nova tela em que será mostrada a opção de remoção automática de todos os programas instalados no computador, exceto do sistema operacional.
Questão 15

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsequentes, relativos ao Word 2010 e ao Excel 2010.
Caso queira inserir, em uma planilha do Excel 2010, um gráfico do tipo coluna, o usuário poderá escolher entre opções de gráficos em 2D e 3D, além de 4D, com a opção de linha do tempo.
Questão 16

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsequentes, relativos ao Word 2010 e ao Excel 2010.
No Word 2010, as opções de modificação de um estilo, por exemplo, o Normal, incluem alterações na formatação de fonte e de tabulação do texto.
Questão 17

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando o acesso a uma intranet por meio de uma estação Windows 7 para navegação e uso de correio eletrônico do tipo webmail, julgue os itens que se seguem.
Uma tecnologia para comunicação de voz utilizada em intranet é a de Voz sobre IP (VoIP), a qual permite ao usuário fazer e receber unicamente ligações telefônicas externas, mas não ligações internas (ramais convencionais).
Questão 18

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando o acesso a uma intranet por meio de uma estação Windows 7 para navegação e uso de correio eletrônico do tipo webmail, julgue os itens que se seguem.
Na utilização de uma interface webmail para envio e recebimento de correio eletrônico, é boa prática de segurança por parte do usuário verificar o certificado digital para conexão https do webmail em questão.
Questão 19

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando o acesso a uma intranet por meio de uma estação Windows 7 para navegação e uso de correio eletrônico do tipo webmail, julgue os itens que se seguem.
Por meio do software Microsoft Outlook pode-se acessar o serviço de correio eletrônico, mediante o uso de certificado digital, para abrir a caixa postal do usuário de um servidor remoto.
Questão 20

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
A China, principal motor da economia global, reduziu sua meta de crescimento, o que não só derrubou as bolsas de valores pelo mundo, como trouxe preocupações para países como o Brasil, grande exportador de commodities. Com os Estados Unidos da América, a Europa e o Japão em recessão ou com crescimento fraco, a China não pode depender das exportações, devendo priorizar o mercado consumidor interno, segundo o primeiro-ministro Wen Jiabao.

Folha de S.Paulo, 3/3/2012, p. A12 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os múltiplos aspectos que ele suscita, bem como o cenário econômico mundial contemporâneo, julgue os itens seguintes.

A União Europeia atravessa acentuada crise, que atinge sobretudo países como Grécia, Espanha e Portugal. O abandono do euro como moeda única por esses países foi decisão tomada no auge da crise com o objetivo de tentar impedir o colapso das demais economias do bloco.
Questão 21

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
A China, principal motor da economia global, reduziu sua meta de crescimento, o que não só derrubou as bolsas de valores pelo mundo, como trouxe preocupações para países como o Brasil, grande exportador de commodities. Com os Estados Unidos da América, a Europa e o Japão em recessão ou com crescimento fraco, a China não pode depender das exportações, devendo priorizar o mercado consumidor interno, segundo o primeiro-ministro Wen Jiabao.

Folha de S.Paulo, 3/3/2012, p. A12 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os múltiplos aspectos que ele suscita, bem como o cenário econômico mundial contemporâneo, julgue os itens seguintes.

A reação do mercado financeiro mundial ao anúncio chinês, mencionada no texto, evidencia uma das principais características da economia globalizada dos dias de hoje, a interdependência e conexão imediata entre os fatos econômico-financeiros e os diversos agentes que atuam nesse âmbito, mundialmente.
Questão 22

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
A China, principal motor da economia global, reduziu sua meta de crescimento, o que não só derrubou as bolsas de valores pelo mundo, como trouxe preocupações para países como o Brasil, grande exportador de commodities. Com os Estados Unidos da América, a Europa e o Japão em recessão ou com crescimento fraco, a China não pode depender das exportações, devendo priorizar o mercado consumidor interno, segundo o primeiro-ministro Wen Jiabao.

Folha de S.Paulo, 3/3/2012, p. A12 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os múltiplos aspectos que ele suscita, bem como o cenário econômico mundial contemporâneo, julgue os itens seguintes.

Dar prioridade ao mercado interno — medida a ser adotada pelo governo chinês, de acordo com o texto — consiste em meta dificilmente alcançável, visto que a maior parte da mão de obra disponível na China ainda se concentra na zona rural.
Questão 23

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
A China, principal motor da economia global, reduziu sua meta de crescimento, o que não só derrubou as bolsas de valores pelo mundo, como trouxe preocupações para países como o Brasil, grande exportador de commodities. Com os Estados Unidos da América, a Europa e o Japão em recessão ou com crescimento fraco, a China não pode depender das exportações, devendo priorizar o mercado consumidor interno, segundo o primeiro-ministro Wen Jiabao.

Folha de S.Paulo, 3/3/2012, p. A12 (com adaptações).

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os múltiplos aspectos que ele suscita, bem como o cenário econômico mundial contemporâneo, julgue os itens seguintes.

Em 2011, a China foi o principal destino das commodities exportadas pelo Brasil, que vendeu, ao país asiático, especialmente, minério de ferro, soja e petróleo.
Questão 24

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Em um momento em que o Brasil se aflige com a perda de sua base científica na Antártica, fato que acarretará o atraso de uma série de pesquisas, cientistas de diversas partes do mundo lutam para desvendar um dos maiores mistérios do continente antártico nos dias de hoje: a diminuição, em um de seus pontos extremos, da cobertura de gelo, e o avanço, em outro, do gelo sobre o mar.

Caderno Planeta Terra. In: O Globo, 6/3/2012, p. 12 (com adaptações).

Considerando o texto acima e o assunto nele abordado, julgue os itens a seguir.

A perda da base científica brasileira na Antártica deveu-se a punição imposta pela Organização das Nações Unidas, por não ter o governo brasileiro pago, nos últimos anos, as taxas financeiras exigidas da comunidade internacional para a realização de pesquisas na região.
Questão 25

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Em um momento em que o Brasil se aflige com a perda de sua base científica na Antártica, fato que acarretará o atraso de uma série de pesquisas, cientistas de diversas partes do mundo lutam para desvendar um dos maiores mistérios do continente antártico nos dias de hoje: a diminuição, em um de seus pontos extremos, da cobertura de gelo, e o avanço, em outro, do gelo sobre o mar.

Caderno Planeta Terra. In: O Globo, 6/3/2012, p. 12 (com adaptações).

Considerando o texto acima e o assunto nele abordado, julgue os itens a seguir.

O trabalho de pesquisa desenvolvido na Antártica é mais uma demonstração do notável nível de desenvolvimento científico alcançado pela civilização contemporânea. Diferentemente do que ocorria no passado, entre o século XIX e meados do século XX, atualmente a conquista de territórios para a exploração colonial deixou de ser importante, e o poderio econômico passou a depender, antes de tudo, do domínio do conhecimento.
Questão 26

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos princípios fundamentais consubstanciados na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item abaixo.
A não intervenção, um dos fundamentos da República Federativa do Brasil, expressa, assim como outros fundamentos, o poder supremo e independente do país.
Questão 27

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, a respeito dos direitos e das garantias fundamentais.
De acordo com a CF, é admitida, mediante ordem judicial, a violação das comunicações telefônicas, nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer, para fins de investigação criminal, instrução processual penal ou em processos político-administrativos.
Questão 28

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, a respeito dos direitos e das garantias fundamentais.
O estabelecimento de regras distintas para homens e mulheres, quando necessárias para atenuar desníveis, é compatível com o princípio constitucional da isonomia e poderá ocorrer tanto na CF quanto na legislação infraconstitucional.
Questão 29

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com base nas regras inerentes à organização do Estado brasileiro, julgue os itens que se seguem.
O estado-membro que editar lei proibindo a cobrança de tarifa de assinatura básica nos serviços de telefonia fixa e móvel agirá nos limites de sua competência, pois a CF atribuiu à União e aos estados a competência para legislar concorrentemente sobre telecomunicações.
Questão 30

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com base nas regras inerentes à organização do Estado brasileiro, julgue os itens que se seguem.
Lei estadual que reservar espaço para o tráfego de motocicletas em vias públicas de grande circulação será constitucional, por tratar de tema inserido no âmbito da competência legislativa dos estados-membros.
Questão 31

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Em relação ao Poder Judiciário, julgue os itens subsecutivos.
O crime de responsabilidade praticado por desembargador do tribunal de justiça de determinado estado-membro deve ser processado e julgado originariamente perante o STJ.
Questão 32

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Em relação ao Poder Judiciário, julgue os itens subsecutivos.
O Conselho da Justiça Federal, que funciona junto ao STJ, tem competência para exercer a supervisão administrativa e orçamentária da justiça federal tanto de primeiro quanto de segundo grau de jurisdição.
Questão 33

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Em relação ao Poder Judiciário, julgue os itens subsecutivos.
Compete privativamente ao STF processar e julgar, originariamente, nas infrações penais comuns, o presidente da República, o vice-presidente, os membros do Congresso Nacional, seus próprios ministros, o procurador-geral da República e o advogado-geral da União.
Questão 34

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que concerne ao regime jurídico dos servidores públicos civis da União, julgue os itens que se seguem.
É vedada a incorporação de adicionais ao vencimento do servidor público.
Questão 35

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que concerne ao regime jurídico dos servidores públicos civis da União, julgue os itens que se seguem.
Cessada a incapacidade que tiver gerado a aposentadoria por invalidez de servidor público, o reingresso deste no serviço público, de ofício, ocorrerá mediante o instituto da reversão, uma das formas de provimento de cargo público.
Questão 36

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsequentes, relativos ao processo administrativo no âmbito da administração pública federal.
Estará impedido de atuar no processo administrativo o servidor que estiver litigando administrativamente com o interessado, hipótese em que a comunicação do fato deverá ser dirigida à autoridade competente, sob pena de configurar-se a prática de falta grave, para fins disciplinares.
Questão 37

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsequentes, relativos ao processo administrativo no âmbito da administração pública federal.
Considerando-se que o processo administrativo gera ônus para a administração pública, a regra é a cobrança de despesas processuais, as quais somente poderão ser afastadas nos casos expressamente previstos em lei.
Questão 38

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que se refere à lei que dispõe sobre as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, julgue os itens a seguir.
Quando um analista judiciário movimenta-se do padrão 5 — da classe A — para o padrão 6 — da classe B —, configura-se hipótese de promoção e não, de progressão funcional.
Questão 39

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que se refere à lei que dispõe sobre as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, julgue os itens a seguir.
Para o exercício de função comissionada de natureza gerencial, são indispensáveis a formação superior e a participação em curso de desenvolvimento gerencial oferecido pelo órgão de lotação do servidor.
Questão 40

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens seguintes, relativos ao instituto da licitação.
O convite é modalidade de licitação admitida nas licitações internacionais.
Questão 41

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens seguintes, relativos ao instituto da licitação.
Dado o princípio da adjudicação compulsória, a administração pública está obrigada a adjudicar o objeto do procedimento licitatório tão logo seja concluído o julgamento das propostas.
Questão 42

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
Compete às Turmas julgar as apelações e os agravos nas causas em que forem partes, de um lado, Estado estrangeiro, e, do outro, município.
Questão 43

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
O Ministério Público está impedido de se manifestar oralmente na apresentação de parecer acerca de ações rescisórias e nas apelações cíveis.
Questão 44

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
Cabe à Segunda Seção processar e julgar feitos relativos a constituição e liquidação de sociedades.
Questão 45

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
Compete às Turmas o julgamento, em recurso ordinário, de mandado de segurança decidido em única instância por tribunal regional, quando denegatória a decisão.
Questão 46

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
A indicação de membros para compor o STJ far-se-á mediante lista tríplice, na qual deverão constar os nomes dos candidatos que obtiverem, em primeiro ou subsequente escrutínio, a maioria simples dos votos dos membros do Tribunal.
Questão 47

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
À comissão de Regimento Interno cabe manifestar-se em processo administrativo, quando consultada pelo presidente do Tribunal.
Questão 48

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
As comissões permanentes e as temporárias podem propor à Corte Especial, ou à Seção, que seja compendiada em súmula a jurisprudência do Tribunal, quando verificarem que as Turmas não divergem na interpretação do direito.
Questão 49

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
Incumbe à Segunda Seção processar e julgar os feitos relativos a desapropriação.
Questão 50

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos ao Regimento Interno do Superior Tribunal de Justiça.
É atribuição do relator apresentar em mesa, para julgamento, os feitos que independem de pauta.
Questão 51

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos transtornos do humor, julgue os itens a seguir.
O transtorno ciclotímico caracteriza-se pela ocorrência de períodos de hipomania alternados com períodos de mania.
Questão 52

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos transtornos do humor, julgue os itens a seguir.
A ciclotimia consiste em um transtorno do humor bipolar cujos sintomas incluem fortes surtos de hipomania e quadros depressivos leves.
Questão 53

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos transtornos do humor, julgue os itens a seguir.
Pacientes com transtorno bipolar do tipo II apresentam pelo menos um episódio de mania e um de depressão.
Questão 54

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos transtornos do humor, julgue os itens a seguir.
Alucinações e delírios são sintomas psicóticos incompatíveis com a sintomatologia dos transtornos do humor.
Questão 55

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos transtornos do humor, julgue os itens a seguir.
Em um episódio misto de bipolaridade, ocorrem, quase todos os dias, sintomas de episódios maníacos e de episódios depressivos, como rebaixamento da necessidade de dormir, alegria e pensamentos suicidas.
Questão 56

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Um paciente que apresentava respostas de apatia, tristeza, evidente rebaixamento da libido, insônia e perda de peso recebeu o diagnóstico de depressão e iniciou tratamento psicológico de base cognitivo-comportamental.

Tendo como referência a situação acima apresentada, julgue os itens que se seguem, relativos ao diagnóstico e ao tratamento psicológico.

A psicoterapia enfatizará a modificação tanto de pensamentos disfuncionais — para se reduzirem os sintomas depressivos — quanto de crenças — para se prevenirem recaídas.
Questão 57

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Um paciente que apresentava respostas de apatia, tristeza, evidente rebaixamento da libido, insônia e perda de peso recebeu o diagnóstico de depressão e iniciou tratamento psicológico de base cognitivo-comportamental.

Tendo como referência a situação acima apresentada, julgue os itens que se seguem, relativos ao diagnóstico e ao tratamento psicológico.

O psicólogo deve familiarizar o paciente com aspectos teóricos e práticos da abordagem adotada, pois esse passo é um componente essencial do processo terapêutico.
Questão 58

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Um paciente que apresentava respostas de apatia, tristeza, evidente rebaixamento da libido, insônia e perda de peso recebeu o diagnóstico de depressão e iniciou tratamento psicológico de base cognitivo-comportamental.

Tendo como referência a situação acima apresentada, julgue os itens que se seguem, relativos ao diagnóstico e ao tratamento psicológico.

A terapia cognitivo-comportamental da depressão opõe-se ao uso de técnicas advindas dos princípios estabelecidos nos condicionamentos clássico e operante.
Questão 59

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Um paciente que apresentava respostas de apatia, tristeza, evidente rebaixamento da libido, insônia e perda de peso recebeu o diagnóstico de depressão e iniciou tratamento psicológico de base cognitivo-comportamental.

Tendo como referência a situação acima apresentada, julgue os itens que se seguem, relativos ao diagnóstico e ao tratamento psicológico.

O tratamento psicológico demanda a identificação do gatilho biológico desencadeador dos sintomas apresentados pelo paciente, a fim de que o controle adequado de estímulos seja iniciado no processo terapêutico.
Questão 60

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Um paciente que apresentava respostas de apatia, tristeza, evidente rebaixamento da libido, insônia e perda de peso recebeu o diagnóstico de depressão e iniciou tratamento psicológico de base cognitivo-comportamental.

Tendo como referência a situação acima apresentada, julgue os itens que se seguem, relativos ao diagnóstico e ao tratamento psicológico.

As características comportamentais e cognitivas da depressão são substancialmente diferentes das características de tristeza de um indivíduo normal, seja sob o ponto de vista somatogênico, seja sob o enfoque ambientalista.
Questão 61

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Um paciente que apresentava respostas de apatia, tristeza, evidente rebaixamento da libido, insônia e perda de peso recebeu o diagnóstico de depressão e iniciou tratamento psicológico de base cognitivo-comportamental.

Tendo como referência a situação acima apresentada, julgue os itens que se seguem, relativos ao diagnóstico e ao tratamento psicológico.

Os sintomas apresentados pelo paciente em questão podem manifestar-se em decorrência de outras doenças físicas ou mentais, ou, ainda, em resposta ao uso de determinadas substâncias medicamentosas.
Questão 62

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos a transtornos da ansiedade.
O inventário de ansiedade traço-estado (IDATE), proposto por Spielberger, avalia as características de ansiedade relativamente estáveis de um organismo, deixando de mostrar variações situacionais e transitórias, decorrentes de mudanças ambientais.
Questão 63

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos a transtornos da ansiedade.
A existência de um transtorno de ansiedade pode aumentar em até quatro vezes o risco de dependência de álcool ou de outras drogas.
Questão 64

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, relativos a transtornos da ansiedade.
A maioria dos portadores de transtorno de ansiedade é também acometida de transtornos depressivos.
Questão 65

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
No atendimento ao paciente adicto, qualidades do terapeuta como afeto, amizade, aceitação sem julgamento e empatia são variáveis irrelevantes para o processo de adesão ao tratamento, que depende estritamente da orientação teórica e adequação técnica adotada pelo terapeuta.
Questão 66

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
A avaliação do comportamento alcoolista inclui a investigação de gatilhos ou desencadeadores situacionais, emocionais e químicos.
Questão 67

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
A seleção dos dependentes químicos que ingressarão em um grupo terapêutico deve contemplar apenas pacientes que façam uso de uma mesma substância e que estejam comprometidos com o mesmo objetivo, seja de abstinência total, seja de redução de danos.
Questão 68

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
A título de motivação é adequado incluir, em um mesmo grupo terapêutico, pacientes que busquem tratamento voluntariamente e pacientes que busquem o tratamento obrigados por motivos judiciais, profissionais ou familiares.
Questão 69

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
A recaída, tanto em relação ao uso de tabaco quanto ao de álcool ou cocaína, é um processo que acontece de forma sinalizada e gradual. Assim sendo, o paciente pode ser treinado a reconhecer os sinais e implementar estratégias de escolha e de solução de problemas, de modo a interromper o curso do processo.
Questão 70

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
Para o tratamento do abuso de substâncias, vários métodos e abordagens podem ser eficazes, variando em razão da pessoa, de suas necessidades individuais e do momento que ela está vivendo.
Questão 71

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do uso de substâncias, dependência química e tratamento.
Consumidores de bebida alcoólica podem fazer um consumo prejudicial ou problemático, considerado abusivo, mas sem chegar ao nível de dependência.
Questão 72

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca das características e do tratamento da obesidade, julgue os itens subsequentes.
A ingestão lenta de alimentos, com várias mastigadas para cada porção, permite que sinais aferentes estimulados pela ingestão alcancem o hipotálamo e iniciem o processo de percepção de saciedade pelo organismo antes que grande quantidade de alimento seja ingerida.
Questão 73

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca das características e do tratamento da obesidade, julgue os itens subsequentes.
A psicoterapia comportamental tem sido utilizada com sucesso no tratamento da obesidade e os melhores resultados são alcançados quando há associação com o tratamento nutricional, orientação para atividade física e envolvimento familiar.
Questão 74

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca das características e do tratamento da obesidade, julgue os itens subsequentes.
A obesidade é um problema de saúde pública epidêmico e grave, de alcance mundial, como são também as doenças infectocontagiosas.
Questão 75

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca das características e do tratamento da obesidade, julgue os itens subsequentes.
O índice de massa corporal é a medida de gordura no organismo. Esse índice serve para situar uma pessoa acima, abaixo ou dentro da faixa de normalidade, padronizada para toda a população e para diferentes grupos étnicos.
Questão 76

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do trabalho e dos procedimentos do psicólogo no contexto da saúde e em equipes multidisciplinares.
Quando solicitado por médico da equipe de trabalho, o psicólogo deve fornecer laudo técnico sobre as condições psicológicas de paciente com diagnóstico de distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho (DORT), desde que esteja qualificado para isso.
Questão 77

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do trabalho e dos procedimentos do psicólogo no contexto da saúde e em equipes multidisciplinares.
O tratamento de pacientes hipertensos, medicados e com assistência médica é apropriadamente complementado por programas psicológicos de manejo do estresse e de redução de danos para tabagismo.
Questão 78

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do trabalho e dos procedimentos do psicólogo no contexto da saúde e em equipes multidisciplinares.
As sugestões hipnóticas para o manejo da dor incluem procedimentos de indução à anestesia, que podem evocar uma percepção anestésica do passado, e procedimentos de analgesia, que podem associar sensações de leveza, relaxamento e bem-estar, capazes de alterar a experiência álgica como um todo.
Questão 79

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do trabalho e dos procedimentos do psicólogo no contexto da saúde e em equipes multidisciplinares.
Programas conduzidos pela equipe de saúde de determinado órgão público — para todos os servidores —, que mostrem as possíveis consequências do uso de álcool, tabaco e outras drogas, os ganhos na redução ou abstenção, e que incluam o início de assistência profissional para interessados, atuam como técnica preventiva primária, mas não secundária.
Questão 80

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens que se seguem, a respeito do trabalho e dos procedimentos do psicólogo no contexto da saúde e em equipes multidisciplinares.
O treinamento de assertividade é uma prática adequada para ensinar empregados de determinado setor a reduzir o estresse decorrente de demanda de trabalho considerada excessiva.
Questão 81

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, acerca dos processos, procedimentos e instrumentos de avaliação psicológica.
Na elaboração do laudo, por motivos éticos, o psicólogo está impedido de informar quais instrumentos ou técnicas de avaliação e medida foram utilizados, sob pena de tornar públicos nomes e objetivos de instrumentos sigilosos e de uso restrito do profissional de psicologia.
Questão 82

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, acerca dos processos, procedimentos e instrumentos de avaliação psicológica.
Nas entrevistas não diretivas, a clarificação é parte essencial da reformulação e consiste em reenviar aos entrevistados o conteúdo de sua própria fala de modo mais claro e organizado.
Questão 83

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, acerca dos processos, procedimentos e instrumentos de avaliação psicológica.
Na entrevista não diretiva, o acolhimento implica uma atitude de receptividade e iniciativa por parte do entrevistador para levar o sujeito a falar na direção solicitada.
Questão 84

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, acerca dos processos, procedimentos e instrumentos de avaliação psicológica.
Os instrumentos de avaliação da personalidade incluem o Teste de Apercepção Temática e o Psicodiagnóstico Miocinético.
Questão 85

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os próximos itens, acerca dos processos, procedimentos e instrumentos de avaliação psicológica.
As escalas autoaplicadas são instrumentos de avaliação que devem, preferencialmente, ser utilizados em associação com entrevistas estruturadas ou semiestruturadas.
Questão 86

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens a seguir, acerca da psicologia institucional.
É indispensável que o psicólogo possua autonomia para o exercício de suas atividades, de forma que possa realizar diagnósticos e atuar eticamente em questões interpessoais e humanas.
Questão 87

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens a seguir, acerca da psicologia institucional.
A atuação do psicólogo voltada para a psico-higiene visa à promoção do bem-estar individual a partir de mudanças no nível da coletividade.
Questão 88

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens a seguir, acerca da psicologia institucional.
Estudar os fenômenos individuais e as relações desses fenômenos com a estrutura das organizações é um dos objetivos da atuação do psicólogo institucional.
Questão 89

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando as mudanças ocorridas nas organizações e no mundo do trabalho, bem como as formas de análise das organizações de trabalho, julgue os itens que se seguem.
Mudanças nos aspectos subjetivos da relação do indivíduo com o trabalho indicam ter havido mudança no discurso sobre o trabalho elaborado e articulado pelo indivíduo.
Questão 90

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando as mudanças ocorridas nas organizações e no mundo do trabalho, bem como as formas de análise das organizações de trabalho, julgue os itens que se seguem.
O esgotamento do modelo taylorista-fordista de produção provocou o surgimento de novas formas de gestão e organização do trabalho, que levam em consideração aspectos como comprometimento, envolvimento e participação crítica dos empregados.
Questão 91

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando as mudanças ocorridas nas organizações e no mundo do trabalho, bem como as formas de análise das organizações de trabalho, julgue os itens que se seguem.
As estruturas organizacionais constroem-se por meio de mecanismos básicos de divisão ou diferenciação e de coordenação ou integração.
Questão 92

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando as mudanças ocorridas nas organizações e no mundo do trabalho, bem como as formas de análise das organizações de trabalho, julgue os itens que se seguem.
Departamentalizar uma organização significa hierarquizá-la, estabelecendo-se, inclusive, a autoridade responsável pela tomada de decisões.
Questão 93

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando as mudanças ocorridas nas organizações e no mundo do trabalho, bem como as formas de análise das organizações de trabalho, julgue os itens que se seguem.
Define-se a formalização por fluxo de trabalho como o planejamento e a documentação de regras e procedimentos gerais do local de trabalho.
Questão 94

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Considerando as mudanças ocorridas nas organizações e no mundo do trabalho, bem como as formas de análise das organizações de trabalho, julgue os itens que se seguem.
O estudo do modo pelo qual o trabalho é gerido consiste em observar mudanças na dimensão concreta do trabalho.
Questão 95

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que se refere a cultura e clima organizacionais, temas relevantes para a compreensão e a gestão das organizações, julgue os próximos itens.
Sob a perspectiva do simbolismo organizacional, as organizações são culturas de constantes trocas de conhecimentos.
Questão 96

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que se refere a cultura e clima organizacionais, temas relevantes para a compreensão e a gestão das organizações, julgue os próximos itens.
O clima organizacional representa um retrato da organização em determinado momento — sendo, pois, mutável — capaz de influenciar o comportamento e o desempenho dos indivíduos na organização.
Questão 97

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que se refere a cultura e clima organizacionais, temas relevantes para a compreensão e a gestão das organizações, julgue os próximos itens.
Sob a perspectiva da administração comparativa, as organizações são consideradas produtoras de artefatos ou elementos culturais.
Questão 98

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
No que se refere a cultura e clima organizacionais, temas relevantes para a compreensão e a gestão das organizações, julgue os próximos itens.
Os padrões culturais das organizações moldam os comportamentos, dão sentido aos pensamentos e canalizam as emoções, sendo, pois, mecanismos de controle organizacional.
Questão 99

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsecutivos, relativos a poder e liderança nas organizações.
A teoria da liderança transformacional baseia-se em traços de personalidade.
Questão 100

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsecutivos, relativos a poder e liderança nas organizações.
Nas organizações, tanto as características individuais quanto as condições organizacionais referentes às interações entre líder e liderado ou supervisor e subordinado determinam o exercício do poder.
Questão 101

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsecutivos, relativos a poder e liderança nas organizações.
Se uma pessoa exerce influência sobre outra por saber fazer o trabalho de forma exemplar, então, nesse caso, a relação de poder entre ambas baseia-se na referência que uma é para a outra.
Questão 102

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsecutivos, relativos a poder e liderança nas organizações.
Os enfoques comportamental e contingencial enfatizam os comportamentos do líder. A liderança, sob esses enfoques, relaciona-se à adoção, pelo líder, de comportamentos tidos como adequados.
Questão 103

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Julgue os itens subsecutivos, relativos a poder e liderança nas organizações.
Teorias baseadas em traços de personalidade visam determinar as características pessoais de bons líderes.
Questão 104

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca do comportamento de indivíduos, grupos e organizações, julgue os itens subsequentes.
O desempenho de uma equipe ou grupo é prejudicado pela facilitação social, isto é, pela atenção dedicada por outros membros do grupo quando a tarefa realizada por um dos componentes desse grupo é simples e facilmente aprendida.
Questão 105

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca do comportamento de indivíduos, grupos e organizações, julgue os itens subsequentes.
A motivação, sob o enfoque das necessidades, enfatiza a influência de valores, crenças e desejos no comportamento humano no trabalho.
Questão 106

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca do comportamento de indivíduos, grupos e organizações, julgue os itens subsequentes.
As condições de trabalho, de forma geral, exercem influência no desempenho, sendo possível prevê-la, já que o suporte oferecido pela organização é percebido e avaliado pelo indivíduo na relação de reciprocidade entre ambos.
Questão 107

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca do comportamento de indivíduos, grupos e organizações, julgue os itens subsequentes.
Carga de trabalho e custo humano referem-se às incompatibilidades entre as exigências do trabalho e os fatores externos a ele. Esse dois fatores estão relacionados a problemas de saúde ocupacional, como DORT, por exemplo.
Questão 108

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca do comportamento de indivíduos, grupos e organizações, julgue os itens subsequentes.
Os grupos autônomos são exemplos de intervenções em grupos de trabalho; nesse caso, o gerenciamento é feito pelos próprios componentes do grupo, o que exige menos supervisão.
Questão 109

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com relação aos processos de provimento e aplicação de pessoas nas organizações, julgue os itens a seguir.
A seleção de pessoas procura solucionar dois problemas básicos nas organizações: adequação do indivíduo ao cargo e eficiência e eficácia do indivíduo no cargo.
Questão 110

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com relação aos processos de provimento e aplicação de pessoas nas organizações, julgue os itens a seguir.
Tanto no recrutamento interno quanto no externo, consideram-se, de maneira geral, apenas as necessidades momentâneas das organizações.
Questão 111

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com relação aos processos de provimento e aplicação de pessoas nas organizações, julgue os itens a seguir.
A entrevista de desligamento permite diagnosticar falhas e corrigir aspectos causadores dos pedidos de desligamento das pessoas nas organizações.
Questão 112

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com relação aos processos de provimento e aplicação de pessoas nas organizações, julgue os itens a seguir.
Ao determinar o nível de autonomia e participação do indivíduo nas decisões, o psicólogo organizacional delimita o papel e a inserção social desse indivíduo na organização.
Questão 113

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com relação aos processos de provimento e aplicação de pessoas nas organizações, julgue os itens a seguir.
No processo de orientação profissional, o psicólogo deve definir a escolha da carreira e designar o campo de atuação para determinada pessoa.
Questão 114

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Com relação aos processos de provimento e aplicação de pessoas nas organizações, julgue os itens a seguir.
A análise de cargos concentra-se nos seguintes requisitos: mentais, físicos, de trabalho e de autoridade.
Questão 115

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos processos de treinamento, desenvolvimento, educação e avaliação de desempenho nas organizações, julgue os itens que se seguem.
A avaliação de treinamento relativo a comportamento no cargo e relativo a reação baseia-se nos mesmos pressupostos, pois ambos os tipos de treinamento retratam os resultados de ações de aprendizagem em organizações.
Questão 116

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos processos de treinamento, desenvolvimento, educação e avaliação de desempenho nas organizações, julgue os itens que se seguem.
Uma das principais críticas à avaliação de desempenho é o fato de esta ocorrer em dia determinado, apenas uma vez por ano.
Questão 117

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos processos de treinamento, desenvolvimento, educação e avaliação de desempenho nas organizações, julgue os itens que se seguem.
A melhor avaliação de desempenho é aquela realizada pelo próprio indivíduo, pois somente ele sabe quais comportamentos exibiu no dia a dia do trabalho.
Questão 118

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos processos de treinamento, desenvolvimento, educação e avaliação de desempenho nas organizações, julgue os itens que se seguem.
A transferência da aprendizagem em contextos organizacionais ocorre entre os múltiplos níveis das organizações, tanto no sentido vertical (de cima para baixo e vice-versa) quanto no horizontal.
Questão 119

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos processos de treinamento, desenvolvimento, educação e avaliação de desempenho nas organizações, julgue os itens que se seguem.
A análise organizacional é um dos requisitos da estruturação do planejamento instrucional de ações de treinamento e desenvolvimento de pessoas nas organizações.
Questão 120

STJ 2012 - CESPE - Analista Judiciário - Psicologia
Acerca dos processos de treinamento, desenvolvimento, educação e avaliação de desempenho nas organizações, julgue os itens que se seguem.
A avaliação quantitativa de desempenho é a mais fidedigna entre os tipos de avaliação, pois sustenta-se em técnicas de coleta de dados padronizados e na análise desses dados com base em estatísticas descritivas e inferenciais.


Provas de Concursos » Cespe 2012