×
×
ANVISA 2007

ANVISA 2016

Técnico Administrativo

Questão 1

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ninguém escreveu um romance sobre um personagem
 
cujo característico maior é ser sadio. Há um silêncio literário
 
a respeito, contrapartida ao silêncio dos órgãos — uma das
 
definições que já foram dadas à saúde. Teoricamente, a higidez
5
não tem voz. Para muitas pessoas, estar sadio é simplesmente,
 
e ao contrário do que pretende a OMS, não estar doente. Mas
 
será que isso é suficiente?
 
Para falar de saúde, precisamos aprender o idioma da
 
saúde. Não é fácil. A própria palavra “saúde”, que usamos
10
sobretudo para alguém que espirra, soa prosaica, convencional,
 
babaca até. “É o mais tolo vocábulo em nosso idioma”, disse,
 
com desprezo, o iconoclasta Oscar Wilde.
 
Mudar o jeito que falamos de saúde significa mudar o
 
nosso estilo de vida. No começo, lutamos contra a inércia.
15
Mas então vem aquilo que poderíamos chamar de “salto de
 
qualidade” e passamos a um novo patamar de nossa existência.
 
Passamos a dialogar com nosso corpo e, para nossa surpresa,
 
descobrimos que esse é um diálogo gratificante. Sabem-no bem
 
as pessoas que embarcam em um programa de exercício. A
20
sensação de bem-estar que se tem depois é algo extraordinário.
 
São as endorfinas? Bem, então são as endorfinas. Se o corpo se
 
expressa através delas, tudo bem. Às vezes, a voz da saúde é a
 
voz do corpo grato.
Moacir Scliar. O idioma da saúde. In: Almanaque Visa É, ano II, nº 2. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2009, p. 7. Internet: <http://portal.anvisa.gov.br> (com adaptações).
No que se refere às ideias e às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
O uso diário que as pessoas fazem da palavra “saúde” contribuiu para que ela perdesse seu valor semântico original, tornando-a uma palavra “tola”.
Questão 2

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ninguém escreveu um romance sobre um personagem
 
cujo característico maior é ser sadio. Há um silêncio literário
 
a respeito, contrapartida ao silêncio dos órgãos — uma das
 
definições que já foram dadas à saúde. Teoricamente, a higidez
5
não tem voz. Para muitas pessoas, estar sadio é simplesmente,
 
e ao contrário do que pretende a OMS, não estar doente. Mas
 
será que isso é suficiente?
 
Para falar de saúde, precisamos aprender o idioma da
 
saúde. Não é fácil. A própria palavra “saúde”, que usamos
10
sobretudo para alguém que espirra, soa prosaica, convencional,
 
babaca até. “É o mais tolo vocábulo em nosso idioma”, disse,
 
com desprezo, o iconoclasta Oscar Wilde.
 
Mudar o jeito que falamos de saúde significa mudar o
 
nosso estilo de vida. No começo, lutamos contra a inércia.
15
Mas então vem aquilo que poderíamos chamar de “salto de
 
qualidade” e passamos a um novo patamar de nossa existência.
 
Passamos a dialogar com nosso corpo e, para nossa surpresa,
 
descobrimos que esse é um diálogo gratificante. Sabem-no bem
 
as pessoas que embarcam em um programa de exercício. A
20
sensação de bem-estar que se tem depois é algo extraordinário.
 
São as endorfinas? Bem, então são as endorfinas. Se o corpo se
 
expressa através delas, tudo bem. Às vezes, a voz da saúde é a
 
voz do corpo grato.
Moacir Scliar. O idioma da saúde. In: Almanaque Visa É, ano II, nº 2. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2009, p. 7. Internet: <http://portal.anvisa.gov.br> (com adaptações).
No que se refere às ideias e às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
Existe uma discordância entre o que a crença popular e o que a literatura médica — personificada na OMS — definem como “estar sadio” (R.5).
Questão 3

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ninguém escreveu um romance sobre um personagem
 
cujo característico maior é ser sadio. Há um silêncio literário
 
a respeito, contrapartida ao silêncio dos órgãos — uma das
 
definições que já foram dadas à saúde. Teoricamente, a higidez
5
não tem voz. Para muitas pessoas, estar sadio é simplesmente,
 
e ao contrário do que pretende a OMS, não estar doente. Mas
 
será que isso é suficiente?
 
Para falar de saúde, precisamos aprender o idioma da
 
saúde. Não é fácil. A própria palavra “saúde”, que usamos
10
sobretudo para alguém que espirra, soa prosaica, convencional,
 
babaca até. “É o mais tolo vocábulo em nosso idioma”, disse,
 
com desprezo, o iconoclasta Oscar Wilde.
 
Mudar o jeito que falamos de saúde significa mudar o
 
nosso estilo de vida. No começo, lutamos contra a inércia.
15
Mas então vem aquilo que poderíamos chamar de “salto de
 
qualidade” e passamos a um novo patamar de nossa existência.
 
Passamos a dialogar com nosso corpo e, para nossa surpresa,
 
descobrimos que esse é um diálogo gratificante. Sabem-no bem
 
as pessoas que embarcam em um programa de exercício. A
20
sensação de bem-estar que se tem depois é algo extraordinário.
 
São as endorfinas? Bem, então são as endorfinas. Se o corpo se
 
expressa através delas, tudo bem. Às vezes, a voz da saúde é a
 
voz do corpo grato.
Moacir Scliar. O idioma da saúde. In: Almanaque Visa É, ano II, nº 2. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2009, p. 7. Internet: <http://portal.anvisa.gov.br> (com adaptações).
No que se refere às ideias e às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
Na argumentação desenvolvida no texto, a informação presente em “Teoricamente, a higidez não tem voz” (R. 4 e 5) é contraposta à informação presente em “Às vezes, a voz da saúde é a voz do corpo grato” (R. 22 e 23).
Questão 4

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ninguém escreveu um romance sobre um personagem
 
cujo característico maior é ser sadio. Há um silêncio literário
 
a respeito, contrapartida ao silêncio dos órgãos — uma das
 
definições que já foram dadas à saúde. Teoricamente, a higidez
5
não tem voz. Para muitas pessoas, estar sadio é simplesmente,
 
e ao contrário do que pretende a OMS, não estar doente. Mas
 
será que isso é suficiente?
 
Para falar de saúde, precisamos aprender o idioma da
 
saúde. Não é fácil. A própria palavra “saúde”, que usamos
10
sobretudo para alguém que espirra, soa prosaica, convencional,
 
babaca até. “É o mais tolo vocábulo em nosso idioma”, disse,
 
com desprezo, o iconoclasta Oscar Wilde.
 
Mudar o jeito que falamos de saúde significa mudar o
 
nosso estilo de vida. No começo, lutamos contra a inércia.
15
Mas então vem aquilo que poderíamos chamar de “salto de
 
qualidade” e passamos a um novo patamar de nossa existência.
 
Passamos a dialogar com nosso corpo e, para nossa surpresa,
 
descobrimos que esse é um diálogo gratificante. Sabem-no bem
 
as pessoas que embarcam em um programa de exercício. A
20
sensação de bem-estar que se tem depois é algo extraordinário.
 
São as endorfinas? Bem, então são as endorfinas. Se o corpo se
 
expressa através delas, tudo bem. Às vezes, a voz da saúde é a
 
voz do corpo grato.
Moacir Scliar. O idioma da saúde. In: Almanaque Visa É, ano II, nº 2. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2009, p. 7. Internet: <http://portal.anvisa.gov.br> (com adaptações).
No que se refere às ideias e às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
A palavra “até” (R.11), que denota o posicionamento do autor frente a um dos usos da palavra “saúde”, pode ser substituída por sobretudo sem que isso prejudique a correção e o sentido original do texto.
Questão 5

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ninguém escreveu um romance sobre um personagem
 
cujo característico maior é ser sadio. Há um silêncio literário
 
a respeito, contrapartida ao silêncio dos órgãos — uma das
 
definições que já foram dadas à saúde. Teoricamente, a higidez
5
não tem voz. Para muitas pessoas, estar sadio é simplesmente,
 
e ao contrário do que pretende a OMS, não estar doente. Mas
 
será que isso é suficiente?
 
Para falar de saúde, precisamos aprender o idioma da
 
saúde. Não é fácil. A própria palavra “saúde”, que usamos
10
sobretudo para alguém que espirra, soa prosaica, convencional,
 
babaca até. “É o mais tolo vocábulo em nosso idioma”, disse,
 
com desprezo, o iconoclasta Oscar Wilde.
 
Mudar o jeito que falamos de saúde significa mudar o
 
nosso estilo de vida. No começo, lutamos contra a inércia.
15
Mas então vem aquilo que poderíamos chamar de “salto de
 
qualidade” e passamos a um novo patamar de nossa existência.
 
Passamos a dialogar com nosso corpo e, para nossa surpresa,
 
descobrimos que esse é um diálogo gratificante. Sabem-no bem
 
as pessoas que embarcam em um programa de exercício. A
20
sensação de bem-estar que se tem depois é algo extraordinário.
 
São as endorfinas? Bem, então são as endorfinas. Se o corpo se
 
expressa através delas, tudo bem. Às vezes, a voz da saúde é a
 
voz do corpo grato.
Moacir Scliar. O idioma da saúde. In: Almanaque Visa É, ano II, nº 2. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2009, p. 7. Internet: <http://portal.anvisa.gov.br> (com adaptações).
No que se refere às ideias e às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
Caso se alterasse a ordem dos termos em “o iconoclasta Oscar Wilde” (R.12) para o Oscar Wilde iconoclasta, haveria mudança do significado original do texto, mas as funções sintáticas de “Oscar Wilde” e de “iconoclasta” permaneceriam inalteradas.
Questão 6

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ninguém escreveu um romance sobre um personagem
 
cujo característico maior é ser sadio. Há um silêncio literário
 
a respeito, contrapartida ao silêncio dos órgãos — uma das
 
definições que já foram dadas à saúde. Teoricamente, a higidez
5
não tem voz. Para muitas pessoas, estar sadio é simplesmente,
 
e ao contrário do que pretende a OMS, não estar doente. Mas
 
será que isso é suficiente?
 
Para falar de saúde, precisamos aprender o idioma da
 
saúde. Não é fácil. A própria palavra “saúde”, que usamos
10
sobretudo para alguém que espirra, soa prosaica, convencional,
 
babaca até. “É o mais tolo vocábulo em nosso idioma”, disse,
 
com desprezo, o iconoclasta Oscar Wilde.
 
Mudar o jeito que falamos de saúde significa mudar o
 
nosso estilo de vida. No começo, lutamos contra a inércia.
15
Mas então vem aquilo que poderíamos chamar de “salto de
 
qualidade” e passamos a um novo patamar de nossa existência.
 
Passamos a dialogar com nosso corpo e, para nossa surpresa,
 
descobrimos que esse é um diálogo gratificante. Sabem-no bem
 
as pessoas que embarcam em um programa de exercício. A
20
sensação de bem-estar que se tem depois é algo extraordinário.
 
São as endorfinas? Bem, então são as endorfinas. Se o corpo se
 
expressa através delas, tudo bem. Às vezes, a voz da saúde é a
 
voz do corpo grato.
Moacir Scliar. O idioma da saúde. In: Almanaque Visa É, ano II, nº 2. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária, 2009, p. 7. Internet: <http://portal.anvisa.gov.br> (com adaptações).
No que se refere às ideias e às estruturas linguísticas do texto, julgue os itens seguintes.
Na linha 18, a forma “no” desempenha a função de complemento direto da forma verbal “Sabem” e funciona como elemento de coesão, uma vez que retoma a informação segundo a qual o diálogo com o corpo é gratificante.
Questão 7

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ao combater a febre amarela, Oswaldo Cruz enfrentou
 
vários problemas. Grande parte dos médicos e da população
 
acreditava que a doença se transmitia pelo contato com roupas,
 
suor, sangue e secreções de doentes. No entanto, Oswaldo Cruz
5
acreditava em uma nova teoria: o transmissor da febre amarela
 
era um mosquito. Assim, suspendeu as desinfecções, método
 
então tradicional no combate à moléstia, e implantou medidas
 
sanitárias com brigadas que percorreram casas, jardins, quintais
 
e ruas, para eliminar focos de insetos. Sua atuação provocou
10
violenta reação popular.
 
Em 1904, a oposição a Oswaldo Cruz atingiu seu
 
ápice. Com o recrudescimento dos surtos de varíola, o
 
sanitarista tentou promover a vacinação em massa da
 
população. Os jornais lançaram uma campanha contra a
15
medida. O congresso protestou e foi organizada a Liga Contra
 
a Vacinação Obrigatória. No dia 13 de novembro, estourou a
 
rebelião popular e, no dia 14, a Escola Militar da Praia
 
Vermelha se levantou. O governo derrotou a rebelião, mas
 
suspendeu a obrigatoriedade da vacina.
20
Oswaldo Cruz acabou vencendo a batalha. Em 1907,
 
a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro. Em 1908,
 
uma epidemia de varíola levou a população aos postos de
 
vacinação. O Brasil finalmente reconhecia o valor do
 
sanitarista.
Osvaldo Cruz. Internet: <http://portal.fiocruz.br/pt- br/content/oswaldo-cruz> (com adaptações).
Acerca dos sentidos e de aspectos linguísticos do texto, julgue os itens que se seguem.
O emprego de verbos no passado justifica-se em função do propósito comunicativo do texto, que é o de narrar acontecimentos anteriores ao momento da fala.
Questão 8

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ao combater a febre amarela, Oswaldo Cruz enfrentou
 
vários problemas. Grande parte dos médicos e da população
 
acreditava que a doença se transmitia pelo contato com roupas,
 
suor, sangue e secreções de doentes. No entanto, Oswaldo Cruz
5
acreditava em uma nova teoria: o transmissor da febre amarela
 
era um mosquito. Assim, suspendeu as desinfecções, método
 
então tradicional no combate à moléstia, e implantou medidas
 
sanitárias com brigadas que percorreram casas, jardins, quintais
 
e ruas, para eliminar focos de insetos. Sua atuação provocou
10
violenta reação popular.
 
Em 1904, a oposição a Oswaldo Cruz atingiu seu
 
ápice. Com o recrudescimento dos surtos de varíola, o
 
sanitarista tentou promover a vacinação em massa da
 
população. Os jornais lançaram uma campanha contra a
15
medida. O congresso protestou e foi organizada a Liga Contra
 
a Vacinação Obrigatória. No dia 13 de novembro, estourou a
 
rebelião popular e, no dia 14, a Escola Militar da Praia
 
Vermelha se levantou. O governo derrotou a rebelião, mas
 
suspendeu a obrigatoriedade da vacina.
20
Oswaldo Cruz acabou vencendo a batalha. Em 1907,
 
a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro. Em 1908,
 
uma epidemia de varíola levou a população aos postos de
 
vacinação. O Brasil finalmente reconhecia o valor do
 
sanitarista.
Osvaldo Cruz. Internet: <http://portal.fiocruz.br/pt- br/content/oswaldo-cruz> (com adaptações).
Acerca dos sentidos e de aspectos linguísticos do texto, julgue os itens que se seguem.
A forma verbal “acreditava” (R.3) está flexionada no singular para concordar com a palavra “parte” (R.2), mas poderia ser substituída sem prejuízo à correção gramatical pela forma verbal acreditavam, que estabeleceria concordância com o termo composto “dos médicos e da população” (R.2).
Questão 9

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ao combater a febre amarela, Oswaldo Cruz enfrentou
 
vários problemas. Grande parte dos médicos e da população
 
acreditava que a doença se transmitia pelo contato com roupas,
 
suor, sangue e secreções de doentes. No entanto, Oswaldo Cruz
5
acreditava em uma nova teoria: o transmissor da febre amarela
 
era um mosquito. Assim, suspendeu as desinfecções, método
 
então tradicional no combate à moléstia, e implantou medidas
 
sanitárias com brigadas que percorreram casas, jardins, quintais
 
e ruas, para eliminar focos de insetos. Sua atuação provocou
10
violenta reação popular.
 
Em 1904, a oposição a Oswaldo Cruz atingiu seu
 
ápice. Com o recrudescimento dos surtos de varíola, o
 
sanitarista tentou promover a vacinação em massa da
 
população. Os jornais lançaram uma campanha contra a
15
medida. O congresso protestou e foi organizada a Liga Contra
 
a Vacinação Obrigatória. No dia 13 de novembro, estourou a
 
rebelião popular e, no dia 14, a Escola Militar da Praia
 
Vermelha se levantou. O governo derrotou a rebelião, mas
 
suspendeu a obrigatoriedade da vacina.
20
Oswaldo Cruz acabou vencendo a batalha. Em 1907,
 
a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro. Em 1908,
 
uma epidemia de varíola levou a população aos postos de
 
vacinação. O Brasil finalmente reconhecia o valor do
 
sanitarista.
Osvaldo Cruz. Internet: <http://portal.fiocruz.br/pt- br/content/oswaldo-cruz> (com adaptações).
Acerca dos sentidos e de aspectos linguísticos do texto, julgue os itens que se seguem.
Na linha 3, o termo “se” é um pronome apassivador e, caso sua colocação fosse alterada de proclítica — como está no texto — para enclítica — que a doença transmitia-se —, essa alteração incorreria em erro gramatical.
Questão 10

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ao combater a febre amarela, Oswaldo Cruz enfrentou
 
vários problemas. Grande parte dos médicos e da população
 
acreditava que a doença se transmitia pelo contato com roupas,
 
suor, sangue e secreções de doentes. No entanto, Oswaldo Cruz
5
acreditava em uma nova teoria: o transmissor da febre amarela
 
era um mosquito. Assim, suspendeu as desinfecções, método
 
então tradicional no combate à moléstia, e implantou medidas
 
sanitárias com brigadas que percorreram casas, jardins, quintais
 
e ruas, para eliminar focos de insetos. Sua atuação provocou
10
violenta reação popular.
 
Em 1904, a oposição a Oswaldo Cruz atingiu seu
 
ápice. Com o recrudescimento dos surtos de varíola, o
 
sanitarista tentou promover a vacinação em massa da
 
população. Os jornais lançaram uma campanha contra a
15
medida. O congresso protestou e foi organizada a Liga Contra
 
a Vacinação Obrigatória. No dia 13 de novembro, estourou a
 
rebelião popular e, no dia 14, a Escola Militar da Praia
 
Vermelha se levantou. O governo derrotou a rebelião, mas
 
suspendeu a obrigatoriedade da vacina.
20
Oswaldo Cruz acabou vencendo a batalha. Em 1907,
 
a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro. Em 1908,
 
uma epidemia de varíola levou a população aos postos de
 
vacinação. O Brasil finalmente reconhecia o valor do
 
sanitarista.
Osvaldo Cruz. Internet: <http://portal.fiocruz.br/pt- br/content/oswaldo-cruz> (com adaptações).
Acerca dos sentidos e de aspectos linguísticos do texto, julgue os itens que se seguem.
O sentido original do texto e a sua correção gramatical seriam preservados caso o período “Com o recrudescimento (...) massa da população” (R. 12 a 14) fosse reescrito da seguinte forma: Por conta do agravamento da epidemia de varíola, foi promovido por Oswaldo Cruz uma massiva vacinação da população.
Questão 11

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Ao combater a febre amarela, Oswaldo Cruz enfrentou
 
vários problemas. Grande parte dos médicos e da população
 
acreditava que a doença se transmitia pelo contato com roupas,
 
suor, sangue e secreções de doentes. No entanto, Oswaldo Cruz
5
acreditava em uma nova teoria: o transmissor da febre amarela
 
era um mosquito. Assim, suspendeu as desinfecções, método
 
então tradicional no combate à moléstia, e implantou medidas
 
sanitárias com brigadas que percorreram casas, jardins, quintais
 
e ruas, para eliminar focos de insetos. Sua atuação provocou
10
violenta reação popular.
 
Em 1904, a oposição a Oswaldo Cruz atingiu seu
 
ápice. Com o recrudescimento dos surtos de varíola, o
 
sanitarista tentou promover a vacinação em massa da
 
população. Os jornais lançaram uma campanha contra a
15
medida. O congresso protestou e foi organizada a Liga Contra
 
a Vacinação Obrigatória. No dia 13 de novembro, estourou a
 
rebelião popular e, no dia 14, a Escola Militar da Praia
 
Vermelha se levantou. O governo derrotou a rebelião, mas
 
suspendeu a obrigatoriedade da vacina.
20
Oswaldo Cruz acabou vencendo a batalha. Em 1907,
 
a febre amarela estava erradicada do Rio de Janeiro. Em 1908,
 
uma epidemia de varíola levou a população aos postos de
 
vacinação. O Brasil finalmente reconhecia o valor do
 
sanitarista.
Osvaldo Cruz. Internet: <http://portal.fiocruz.br/pt- br/content/oswaldo-cruz> (com adaptações).
Acerca dos sentidos e de aspectos linguísticos do texto, julgue os itens que se seguem.
A “batalha” (R.20) que Oswaldo Cruz venceu refere-se à busca de reconhecimento pelo seu trabalho de sanitarista, o qual só veio quando a população passou a acreditar que a vacinação era o único meio de vencer a epidemia de varíola que se manifestou em 1908.
Questão 12

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Os medicamentos dividem-se em duas categorias:
 
medicamentos de referência e medicamentos genéricos. Os
 
de referência são desenvolvidos e comercializados por
 
determinado laboratório farmacêutico, público ou privado,
5
enquanto seus genéricos são produzidos por outros
 
laboratórios, geralmente após o fim da patente exclusiva. Do
 
ponto de vista de médicos e pacientes, não importa se os
 
medicamentos são de referência ou genéricos, eles devem ser
 
eficientes, conter as doses do princípio químico ativo
10
exatamente como divulgado na caixa, e ser livres de impurezas
 
tóxicas. Para farmácias, hospitais e órgãos governamentais,
 
ambos devem ser estáveis e suportar armazenamento em
 
condições normais. Além disso, espera-se que os genéricos
 
sejam bem mais baratos.
15
Os genéricos, que, de início, aderiam a todos os
 
preceitos citados, adquiriram fama e distribuição ampla em
 
todo o mundo. Milhões de pessoas com baixo poder aquisitivo
 
tiveram acesso a medicamentos pela primeira vez. No entanto,
 
estudos e escândalos têm alertado a comunidade médica para
20
o risco da disseminação descontrolada de medicamentos de
 
qualidade questionável. Um dos perigos desse comércio ilícito,
 
além dos maus-tratos aos doentes, é a difamação dos genéricos.
Riad Younes. Genéricos de má fama. In: CartaCapital, 13/4/2014. Internet: <www.cartacapital.com.br> (com adaptações).
Considerando as ideias e as estruturas linguísticas do texto, julgue os próximos itens.
A supressão das vírgulas logo após “genéricos” e “citados”, no trecho “Os genéricos, que, de início, aderiam a todos os preceitos citados, adquiriram fama e distribuição ampla em todo o mundo” (R. 15 a 17), não incorreria em erro gramatical, mas, sem elas, a interpretação do termo “Os genéricos” seria restringida.
Questão 13

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Os medicamentos dividem-se em duas categorias:
 
medicamentos de referência e medicamentos genéricos. Os
 
de referência são desenvolvidos e comercializados por
 
determinado laboratório farmacêutico, público ou privado,
5
enquanto seus genéricos são produzidos por outros
 
laboratórios, geralmente após o fim da patente exclusiva. Do
 
ponto de vista de médicos e pacientes, não importa se os
 
medicamentos são de referência ou genéricos, eles devem ser
 
eficientes, conter as doses do princípio químico ativo
10
exatamente como divulgado na caixa, e ser livres de impurezas
 
tóxicas. Para farmácias, hospitais e órgãos governamentais,
 
ambos devem ser estáveis e suportar armazenamento em
 
condições normais. Além disso, espera-se que os genéricos
 
sejam bem mais baratos.
15
Os genéricos, que, de início, aderiam a todos os
 
preceitos citados, adquiriram fama e distribuição ampla em
 
todo o mundo. Milhões de pessoas com baixo poder aquisitivo
 
tiveram acesso a medicamentos pela primeira vez. No entanto,
 
estudos e escândalos têm alertado a comunidade médica para
20
o risco da disseminação descontrolada de medicamentos de
 
qualidade questionável. Um dos perigos desse comércio ilícito,
 
além dos maus-tratos aos doentes, é a difamação dos genéricos.
Riad Younes. Genéricos de má fama. In: CartaCapital, 13/4/2014. Internet: <www.cartacapital.com.br> (com adaptações).
Considerando as ideias e as estruturas linguísticas do texto, julgue os próximos itens.
Com o advento dos medicamentos genéricos, a saúde de uma parcela da população mundial mudou, pois, com a distribuição gratuita desses medicamentos, essa população passou a ter acesso a remédios, sendo que algumas pessoas vivenciaram isso pela primeira vez.
Questão 14

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Os medicamentos dividem-se em duas categorias:
 
medicamentos de referência e medicamentos genéricos. Os
 
de referência são desenvolvidos e comercializados por
 
determinado laboratório farmacêutico, público ou privado,
5
enquanto seus genéricos são produzidos por outros
 
laboratórios, geralmente após o fim da patente exclusiva. Do
 
ponto de vista de médicos e pacientes, não importa se os
 
medicamentos são de referência ou genéricos, eles devem ser
 
eficientes, conter as doses do princípio químico ativo
10
exatamente como divulgado na caixa, e ser livres de impurezas
 
tóxicas. Para farmácias, hospitais e órgãos governamentais,
 
ambos devem ser estáveis e suportar armazenamento em
 
condições normais. Além disso, espera-se que os genéricos
 
sejam bem mais baratos.
15
Os genéricos, que, de início, aderiam a todos os
 
preceitos citados, adquiriram fama e distribuição ampla em
 
todo o mundo. Milhões de pessoas com baixo poder aquisitivo
 
tiveram acesso a medicamentos pela primeira vez. No entanto,
 
estudos e escândalos têm alertado a comunidade médica para
20
o risco da disseminação descontrolada de medicamentos de
 
qualidade questionável. Um dos perigos desse comércio ilícito,
 
além dos maus-tratos aos doentes, é a difamação dos genéricos.
Riad Younes. Genéricos de má fama. In: CartaCapital, 13/4/2014. Internet: <www.cartacapital.com.br> (com adaptações).
Considerando as ideias e as estruturas linguísticas do texto, julgue os próximos itens.
A disseminação de medicamentos de qualidade duvidosa é uma ameaça à boa fama conquistada pelos medicamentos genéricos ao longo de sua história.
Questão 15

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Os medicamentos dividem-se em duas categorias:
 
medicamentos de referência e medicamentos genéricos. Os
 
de referência são desenvolvidos e comercializados por
 
determinado laboratório farmacêutico, público ou privado,
5
enquanto seus genéricos são produzidos por outros
 
laboratórios, geralmente após o fim da patente exclusiva. Do
 
ponto de vista de médicos e pacientes, não importa se os
 
medicamentos são de referência ou genéricos, eles devem ser
 
eficientes, conter as doses do princípio químico ativo
10
exatamente como divulgado na caixa, e ser livres de impurezas
 
tóxicas. Para farmácias, hospitais e órgãos governamentais,
 
ambos devem ser estáveis e suportar armazenamento em
 
condições normais. Além disso, espera-se que os genéricos
 
sejam bem mais baratos.
15
Os genéricos, que, de início, aderiam a todos os
 
preceitos citados, adquiriram fama e distribuição ampla em
 
todo o mundo. Milhões de pessoas com baixo poder aquisitivo
 
tiveram acesso a medicamentos pela primeira vez. No entanto,
 
estudos e escândalos têm alertado a comunidade médica para
20
o risco da disseminação descontrolada de medicamentos de
 
qualidade questionável. Um dos perigos desse comércio ilícito,
 
além dos maus-tratos aos doentes, é a difamação dos genéricos.
Riad Younes. Genéricos de má fama. In: CartaCapital, 13/4/2014. Internet: <www.cartacapital.com.br> (com adaptações).
Considerando as ideias e as estruturas linguísticas do texto, julgue os próximos itens.
Nos termos “livres de impurezas tóxicas” (R. 10 e 11) e “risco da disseminação descontrolada” (R.20), verifica-se paralelismo de funções sintáticas entre “de impurezas” e “da disseminação” e entre “tóxicas” e “descontrolada”.
Questão 16

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
1
Os medicamentos dividem-se em duas categorias:
 
medicamentos de referência e medicamentos genéricos. Os
 
de referência são desenvolvidos e comercializados por
 
determinado laboratório farmacêutico, público ou privado,
5
enquanto seus genéricos são produzidos por outros
 
laboratórios, geralmente após o fim da patente exclusiva. Do
 
ponto de vista de médicos e pacientes, não importa se os
 
medicamentos são de referência ou genéricos, eles devem ser
 
eficientes, conter as doses do princípio químico ativo
10
exatamente como divulgado na caixa, e ser livres de impurezas
 
tóxicas. Para farmácias, hospitais e órgãos governamentais,
 
ambos devem ser estáveis e suportar armazenamento em
 
condições normais. Além disso, espera-se que os genéricos
 
sejam bem mais baratos.
15
Os genéricos, que, de início, aderiam a todos os
 
preceitos citados, adquiriram fama e distribuição ampla em
 
todo o mundo. Milhões de pessoas com baixo poder aquisitivo
 
tiveram acesso a medicamentos pela primeira vez. No entanto,
 
estudos e escândalos têm alertado a comunidade médica para
20
o risco da disseminação descontrolada de medicamentos de
 
qualidade questionável. Um dos perigos desse comércio ilícito,
 
além dos maus-tratos aos doentes, é a difamação dos genéricos.
Riad Younes. Genéricos de má fama. In: CartaCapital, 13/4/2014. Internet: <www.cartacapital.com.br> (com adaptações).
Considerando as ideias e as estruturas linguísticas do texto, julgue os próximos itens.
A oração “que os genéricos sejam bem mais baratos” (R. 13 e 14) funciona como o complemento da forma verbal “espera-se” (R.13), na qual o sujeito é indeterminado pela partícula “se”.
Questão 17

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

O seguinte trecho seria adequado, quanto a concisão, clareza e correção, para constar em documento de resposta à solicitação feita pela empresa BDL. Segue anexo o documento de liberação da exportação dos produtos mencionados no documento Xx/2016 enviado a esta Agência.
Questão 18

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

O local e a data de emissão do documento de resposta à solicitação da BDL deverão ser alinhados à esquerda, podendo ter o seguinte formato: BsB, 30/10/2016.
Questão 19

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

Informações como o nome do órgão ou setor expedidor e o endereço postal devem constar no cabeçalho ou no rodapé do documento de resposta ao documento da BDL, sendo insuficiente sua menção apenas no envelope de endereçamento.
Questão 20

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

No fecho do documento que for utilizado pela ANVISA para responder ao expediente da BDL, deve-se empregar o termo Respeitosamente.
Questão 21

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

Situação hipotética: A BDL enviou seu documento a autoridade incompetente para apreciar a solicitação nele constante e, por isso, a pessoa que o recebeu deve encaminhá-lo ao setor competente para as devidas providências. Assertiva: Nessa situação, o encaminhamento deverá ser feito por meio de ofício de encaminhamento entre os setores da ANVISA.
Questão 22

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

O seguinte parágrafo de conclusão para o documento a ser enviado à BDL não atenderá às recomendações constantes no MRPR quanto à concordância do pronome possessivo. 5. Colocamo-nos à vossa disposição para o esclarecimento de eventuais dúvidas.
Questão 23

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

Situação hipotética: O responsável pelo atendimento da demanda da BDL deve reportar-se ao diretor-presidente da ANVISA, em documento interno, para dirimir dúvidas antes de responder definitivamente à solicitação da empresa. Assertiva: Nessa situação, deve ser empregado, nesse documento interno, o vocativo Excelentíssimo Senhor Diretor-presidente, uma vez que tal comunicação dirige-se ao ocupante do cargo de maior hierarquia na agência.
Questão 24

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

Ao final do documento a ser enviado em resposta à BDL, deverão constar a assinatura, o nome e o cargo do emissor do documento.
Questão 25

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

O documento enviado pela BDL é um memorando.
Questão 26

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Solicitamos a liberação para a exportação dos seguintes
produtos biológicos humanos para análise no exterior: substâncias
para diagnósticos e substâncias infecciosas.

Considerando que o trecho de texto apresentado anteriormente seja parte de um documento oficial hipotético (Xx/2016) enviado à ANVISA pela empresa particular, também hipotética, Biodiagnósticos Ltda. (BDL), julgue os itens a seguir à luz do disposto no Manual de Redação da Presidência da República (MRPR) sobre a redação oficial.

Sabendo-se que redação oficial é a maneira pela qual o poder público redige atos normativos e comunicações e que o MRPR dispõe sobre o padrão de documentos adotado por órgãos do Poder Executivo, é correto inferir que a BDL pode adotar padrão próprio para suas comunicações com a ANVISA.
Questão 27

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação ao sistema operacional Linux, ao editor de texto Microsoft Office Word 2013 e ao programa de navegação Microsoft Internet Explorer 11, julgue os próximos itens.
O Internet Explorer 11 permite a abertura de arquivos com extensões htm e html armazenados localmente no computador.
Questão 28

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação ao sistema operacional Linux, ao editor de texto Microsoft Office Word 2013 e ao programa de navegação Microsoft Internet Explorer 11, julgue os próximos itens.
O sistema operacional Linux, embora seja amplamente difundido, está indisponível para utilização em computadores pessoais, estando o seu uso restrito aos computadores de grandes empresas.
Questão 29

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação ao sistema operacional Linux, ao editor de texto Microsoft Office Word 2013 e ao programa de navegação Microsoft Internet Explorer 11, julgue os próximos itens.
Para a rápida inserção de uma tabela em documento do Word 2013, é suficiente clicar com o botão direito do mouse sobre a área na qual a tabela será inserida; na lista disponibilizada, escolher a opção Inserir e, em seguida, clicar em Tabela.
Questão 30

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação ao sistema operacional Linux, ao editor de texto Microsoft Office Word 2013 e ao programa de navegação Microsoft Internet Explorer 11, julgue os próximos itens.
No leiaute de um mesmo documento do Word 2013, as páginas podem ter orientações diferentes.
Questão 31

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca de aspectos e procedimentos relacionados à segurança da informação, julgue os itens a seguir.
Ao contratar e utilizar um serviço de computação em nuvem para armazenar seus dados, o usuário perde a governança sobre esses dados, por não visualizar como eles são submetidos aos processos de becape, armazenamento e controle de segurança.
Questão 32

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca de aspectos e procedimentos relacionados à segurança da informação, julgue os itens a seguir.
Códigos maliciosos podem ter acesso aos dados armazenados no computador e executar ações em nome dos usuários, de acordo com as permissões de operação de cada um destes.
Questão 33

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca de aspectos e procedimentos relacionados à segurança da informação, julgue os itens a seguir.
A configuração mais indicada de um firewall pessoal consiste no bloqueio de todo tráfego de saída do computador e na liberação de conexões pontuais e específicas do tráfego de entrada, à medida que isso se fizer necessário.
Questão 34

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca de aspectos e procedimentos relacionados à segurança da informação, julgue os itens a seguir.
Situação hipotética: Em uma empresa na qual o procedimento de becape corporativo de correio eletrônico é executado diariamente às 23 h, um empregado da empresa apagou e removeu da lixeira, às 17 h 55 min de determinado dia, um email que chegou à sua caixa postal às 14 h 27 min desse mesmo dia. Assertiva: Nessa situação, o email que foi apagado e removido da lixeira poderá ser recuperado na manhã do dia seguinte nos dados armazenados pelo becape corporativo.
Questão 35

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Considerando os símbolos normalmente usados para representar os conectivos lógicos, julgue os itens seguintes, relativos a lógica proposicional e à lógica de argumentação. Nesse sentido, considere, ainda, que as proposições lógicas simples sejam representadas por letras maiúsculas.
A sentença A fiscalização federal é imprescindível para manter a qualidade tanto dos alimentos quanto dos medicamentos que a população consome pode ser representada simbolicamente por P∧Q.
Questão 36

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Considerando os símbolos normalmente usados para representar os conectivos lógicos, julgue os itens seguintes, relativos a lógica proposicional e à lógica de argumentação. Nesse sentido, considere, ainda, que as proposições lógicas simples sejam representadas por letras maiúsculas.
A sentença As consequências de nossos atos são florestas devastadas, descongelamento das calotas polares, extinção de dezenas de espécies animais, poluição dos rios e diminuição drástica das reservas de água potável apresenta um argumento válido.
Questão 37

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Considerando os símbolos normalmente usados para representar os conectivos lógicos, julgue os itens seguintes, relativos a lógica proposicional e à lógica de argumentação. Nesse sentido, considere, ainda, que as proposições lógicas simples sejam representadas por letras maiúsculas.
A expressão (¬ P) ∧ ((¬ Q) ∨ R) ] ↔ ¬( P ∨ Q) ∨ ((¬ P) ∧ R) é uma tautologia.
Questão 38

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Considerando os símbolos normalmente usados para representar os conectivos lógicos, julgue os itens seguintes, relativos a lógica proposicional e à lógica de argumentação. Nesse sentido, considere, ainda, que as proposições lógicas simples sejam representadas por letras maiúsculas.
A sentença Alberto é advogado, pois Bruno não é arquiteto é logicamente equivalente à sentença Bruno é arquiteto, pois Alberto não é advogado.
Questão 39

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os seguintes itens, relativos a raciocínio lógico, a princípios de contagem e probabilidade e a operações com conjuntos.
Situação hipotética: A ANVISA realizará inspeções em estabelecimentos comerciais que são classificados como Bar ou Restaurante e naqueles que são considerados ao mesmo tempo Bar e Restaurante. Sabe-se que, ao todo, são 96 estabelecimentos a serem visitados, dos quais 49 são classificados como Bar e 60 são classificados como Restaurante. Assertiva: Nessa situação, há mais de 15 estabelecimentos que são classificados como Bar e como Restaurante ao mesmo tempo.
Questão 40

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os seguintes itens, relativos a raciocínio lógico, a princípios de contagem e probabilidade e a operações com conjuntos.
Situação hipotética: A ANVISA recomenda que o consumo do medicamento X seja limitado a 4 caixas por mês e determina que o preço máximo dessa quantidade de caixas não ultrapasse 30% do valor do salário mínimo, que, atualmente, é de R$ 880,00. Assertiva: Nessa situação, o preço de cada caixa do medicamento X não poderá ultrapassar R$ 66,00.
Questão 41

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os seguintes itens, relativos a raciocínio lógico, a princípios de contagem e probabilidade e a operações com conjuntos.
A sentença Se João tem problemas cardíacos, então ele toma remédios que controlam a pressão pode ser corretamente negada pela sentença João tem problemas cardíacos e ele não toma remédios que controlam a pressão.
Questão 42

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os seguintes itens, relativos a raciocínio lógico, a princípios de contagem e probabilidade e a operações com conjuntos.
Situação hipotética: A ANVISA, com objetivo de realizar a regulação de um novo medicamento, efetua as análises laboratoriais necessárias. Essas análises são assistidas por um grupo de 4 dos seus 8 técnicos farmacêuticos. Desses técnicos, 3 possuem cargo de chefia de equipe e por isso não trabalham juntos. Assertiva: Nessa situação, considerando que em cada uma das equipes participa sempre apenas um dos três técnicos farmacêuticos chefes, então a quantidade de equipes distintas com 4 técnicos farmacêuticos que poderão ser formadas é inferior a 25.
Questão 43

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
Ao deixar de pedir a nota fiscal em uma compra, um servidor público descumpre seu dever como cidadão, ferindo princípios éticos que buscam a universalização e efetividade dos direitos e garantias, uma vez que ele deixa de colaborar para o custeio comum das despesas com os serviços prestados à população.
Questão 44

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
Situação hipotética: Um agente público que exerce atividade de fiscalização de trânsito, durante período de folga do trabalho, foi detido em uma blitz e submetido a teste de alcoolemia que constatou a ingestão de bebida alcoólica em índice que justificou a autuação do condutor pelo cometimento de infração de trânsito gravíssima. Assertiva: Nessa situação, não se pode cogitar que a conduta descrita repercuta na esfera ética do agente público, pois se trata de uma infração comum cometida fora do horário e do ambiente de trabalho.
Questão 45

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
O princípio da moralidade expresso na CF é reflexo da ciência da ética, na medida em que esta trata de uma dimensão geral daquilo que é bom.
Questão 46

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da ética no serviço público, julgue os itens a seguir.
Por ser o Brasil um Estado democrático de direito, princípios éticos não podem ser utilizados como instrumento de interpretação da CF e das leis.
Questão 47

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
José, servidor público estável de órgão do Poder Executivo federal, durante o período de doze meses, faltou intencionalmente ao serviço por cinquenta dias consecutivos, sem causa justificada. A administração pública, mediante procedimento disciplinar sumário, enquadrou a conduta de José como abandono de cargo.

A respeito dessa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

José somente poderia ser demitido por abandono de cargo caso tivesse se ausentado por mais de sessenta dias consecutivos.
Questão 48

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
José, servidor público estável de órgão do Poder Executivo federal, durante o período de doze meses, faltou intencionalmente ao serviço por cinquenta dias consecutivos, sem causa justificada. A administração pública, mediante procedimento disciplinar sumário, enquadrou a conduta de José como abandono de cargo.

A respeito dessa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

De acordo com o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, a conduta de José é fator de desmoralização do serviço público.
Questão 49

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Carlos, formado em medicina, foi contratado temporariamente pela União para atuar na rede de saúde do Rio de Janeiro, de modo a apoiar eventual crescimento da demanda em decorrência dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Durante o expediente, ao atender um paciente que fazia uma consulta de rotina, não emergencial, Carlos, sem conhecimento técnico nem capacitação prévia, resolveu operar, sozinho, um aparelho de ressonância magnética, danificando-o e gerando um prejuízo de mais de um milhão de reais ao hospital. A comissão de ética, ao analisar a conduta de Carlos, concluiu que ela seria passível de punição com a penalidade de censura, mas deixou de aplicá-la por se tratar de servidor temporário.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os seguintes itens.

A conduta praticada por Carlos não constituiu ato de improbidade administrativa, por não ter havido dolo.
Questão 50

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Carlos, formado em medicina, foi contratado temporariamente pela União para atuar na rede de saúde do Rio de Janeiro, de modo a apoiar eventual crescimento da demanda em decorrência dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Durante o expediente, ao atender um paciente que fazia uma consulta de rotina, não emergencial, Carlos, sem conhecimento técnico nem capacitação prévia, resolveu operar, sozinho, um aparelho de ressonância magnética, danificando-o e gerando um prejuízo de mais de um milhão de reais ao hospital. A comissão de ética, ao analisar a conduta de Carlos, concluiu que ela seria passível de punição com a penalidade de censura, mas deixou de aplicá-la por se tratar de servidor temporário.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os seguintes itens.

A comissão de ética agiu em desacordo com o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, pois, na situação dada, o fato de Carlos ser servidor temporário não o eximiria da observância do referido código, razão por que a comissão deveria, sim, ter aplicado a penalidade descrita.
Questão 51

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere a gestão de pessoas, equilíbrio organizacional, motivação e liderança, julgue os itens subsequentes.
O equilíbrio organizacional reflete a manutenção de um quadro de pessoas adequado para cumprir o volume de demandas da organização.
Questão 52

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere a gestão de pessoas, equilíbrio organizacional, motivação e liderança, julgue os itens subsequentes.
É recomendável instituir programas motivacionais padronizados e permanentes nas organizações para estimular a motivação dos empregados.
Questão 53

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere a gestão de pessoas, equilíbrio organizacional, motivação e liderança, julgue os itens subsequentes.
A liderança nas organizações, sinônimo de administração, deve ser atribuída aos administradores que demonstrem maior capacidade para planejamento, organização, direção e controle.
Questão 54

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere a gestão de pessoas, equilíbrio organizacional, motivação e liderança, julgue os itens subsequentes.
A gestão de pessoas visa assegurar a vantagem competitiva das organizações e promover o alcance dos objetivos individuais vinculados ao trabalho.
Questão 55

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens seguintes, acerca de gestão da qualidade e gestão de processos.
O histograma é uma ferramenta de gestão da qualidade utilizada para listar todas as atividades de um processo por meio de apoio gráfico.
Questão 56

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens seguintes, acerca de gestão da qualidade e gestão de processos.
O monitoramento da execução de um processo redesenhado tem por finalidade identificar novas oportunidades de melhoria.
Questão 57

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens seguintes, acerca de gestão da qualidade e gestão de processos.
Eliminar o medo de agir no trabalho, para que todos possam trabalhar eficazmente para a empresa, é um dos princípios do método Deming.
Questão 58

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens seguintes, acerca de gestão da qualidade e gestão de processos.
No ciclo PDCA, definir metas, executar tarefas, verificar resultados e atuar corretivamente referem-se, respectivamente, às etapas de planejamento, execução, verificação e ação.
Questão 59

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir, relativos à administração de materiais.
Situação hipotética: No estoque de determinada empresa, 5 itens integram o grupo de maior valor e correspondem a 75% do valor do estoque; 20 itens integram o grupo de valor intermediário e correspondem a 20% do valor do estoque; 75 itens integram o grupo de menor valor e correspondem a 5% do valor do estoque. Assertiva: Nessa situação, no modelo proposto pela curva ABC, a classificação respectiva desses dados, por importância de valor, resulta em: A = 5%, B = 20% e C = 75%.
Questão 60

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir, relativos à administração de materiais.
O estoque atinge o nível de segurança quando os itens estocados atingem um quantitativo que exige emissão de solicitação de compra para reposição.
Questão 61

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir, relativos à administração de materiais.
A distribuição física de produtos acabados proporciona subsídios para a utilização da ferramenta roteirização, a qual fornece à organização dados para a escolha do melhor trajeto (origem/destino) para entrega do produto.
Questão 62

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir, relativos à administração de materiais.
A adoção da multimodalidade de transportes pode contribuir para que lugares de difícil acesso sejam alcançados.
Questão 63

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir, relativos à administração de materiais.
Na subdivisão materiais de estoque, da classificação de materiais por tipo demanda, os materiais existentes no estoque devem ser submetidos a critérios e parâmetros de ressuprimento automático com base na demanda prevista e na sua importância para a empresa.
Questão 64

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens que se seguem, referentes a arquivologia.
Os procedimentos de recebimento, registro, distribuição e movimentação de documento de arquivo são realizados, em regra, pelo setor de arquivamento intermediário.
Questão 65

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens que se seguem, referentes a arquivologia.
É possível verificar que um documento de arquivo foi bem acondicionado quando ele está embalado adequadamente, de acordo com o seu suporte físico.
Questão 66

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens que se seguem, referentes a arquivologia.
Em uma agência reguladora, como a ANVISA, por exemplo, os documentos que compõem o arquivo do setor de trabalho são aqueles produzidos e(ou) recebidos no desenvolvimento das atividades administrativas da agência.
Questão 67

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
A respeito da gestão de documentos e do acesso à informação, julgue os itens a seguir.
Para garantir eficiência e racionalidade ao processo de organização, os procedimentos arquivísticos devem ser sequenciados de maneira que a digitalização dos documentos do arquivo intermediário seja realizada antes da aplicação da tabela de temporalidade.
Questão 68

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
A respeito da gestão de documentos e do acesso à informação, julgue os itens a seguir.
De acordo com a Lei de Acesso à Informação, o acesso a dados contidos em documento classificado como reservado poderá ser restringido por até cinco anos.
Questão 69

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
A respeito da gestão de documentos e do acesso à informação, julgue os itens a seguir.
A aplicação da tabela de temporalidade resulta na definição do destino final dos documentos de arquivo, que pode ser a guarda corrente ou intermediária.
Questão 70

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
A respeito da gestão de documentos e do acesso à informação, julgue os itens a seguir.
Na gestão de documentos, a atividade arquivística de classificação atribui ao documento um código representativo do seu conteúdo informativo.
Questão 71

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da CF, julgue os itens seguintes.
O neoconstitucionalismo influenciou a atual CF e promoveu o fortalecimento dos direitos fundamentais, notadamente, dos direitos sociais.
Questão 72

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da CF, julgue os itens seguintes.
No Brasil, segundo a doutrina dominante, os usos e costumes não são fontes do direito constitucional, pois o poder constituinte originário optou por uma Constituição escrita e materializada em um só código básico.
Questão 73

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca da CF, julgue os itens seguintes.
Nos termos da CF, um ente federativo terá o direito de secessão, isto é, de desagregar-se da Federação, seja em caso de crise institucional, seja por decisão da população diretamente interessada, mediante plebiscito.
Questão 74

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação aos direitos e garantias fundamentais, julgue os itens que se seguem.
Embora não haja menção expressa no texto da CF, determinados direitos e garantias fundamentais poderão ser estendidos às pessoas jurídicas.
Questão 75

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação aos direitos e garantias fundamentais, julgue os itens que se seguem.
Situação hipotética: Um servidor público federal ofereceu representação ao Ministério Público contra o presidente de uma grande empresa que lhe havia oferecido quantia indevida, a fim de obter favorecimento em um processo administrativo. O servidor apresentou como prova uma conversa telefônica por ele gravada. Assertiva: Nessa situação, em que pese a inexistência de autorização judicial, tal prova será considerada lícita.
Questão 76

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação aos direitos e garantias fundamentais, julgue os itens que se seguem.
À luz do princípio da dignidade humana, a CF estabelece que, após a aprovação por qualquer quórum durante o processo legislativo, todos os tratados e convenções sobre direitos humanos subscritos pelo Brasil passem a ter o status de norma constitucional.
Questão 77

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com relação aos direitos e garantias fundamentais, julgue os itens que se seguem.
Uma lei que altere o processo eleitoral e que seja editada no mesmo ano das eleições municipais poderá ser aplicada, desde que sua edição se dê, no mínimo, cento e oitenta dias antes do pleito eletivo.
Questão 78

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere à organização político-administrativa do Estado, julgue os próximos itens.
Apesar de não possuírem sua própria Constituição, os municípios, em simetria com os estados, desempenham as funções dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo, em razão da autonomia administrativa estabelecida no texto da CF.
Questão 79

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere à organização político-administrativa do Estado, julgue os próximos itens.
Em caso de desmembramento de município, faz-se necessária consulta por meio de plebiscito, tanto à população do território remanescente como, também, à daquele a ser desmembrado.
Questão 80

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere à organização político-administrativa do Estado, julgue os próximos itens.
Situação hipotética: O estado de Minas Gerais editou norma geral sobre matéria de competência concorrente, ante a ausência de norma geral editada pela União. Todavia, meses depois, a União promulgou lei estabelecendo normas gerais acerca da matéria. Assertiva: Nessa situação, a lei estadual terá sua eficácia suspensa naquilo que for contrária à lei federal.
Questão 81

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir com base na CF.
O Congresso Nacional, com o auxílio do TCU, tem competência para fiscalizar a legalidade contábil, financeira, orçamentária e patrimonial da União, mediante controle externo.
Questão 82

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir com base na CF.
Conforme a CF, qualquer cidadão tem o direito de denunciar irregularidades ou ilegalidades ao TCU, na forma da lei.
Questão 83

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir com base na CF.
O presidente da República possui competência constitucional para dispor, mediante decreto, acerca de aumento de despesa na administração federal.
Questão 84

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo

» Esta questão foi anulada pela banca.
Julgue os itens a seguir com base na CF.
Segundo a CF, o concurso público é válido por dois anos e prorrogável uma vez por igual período, e a estabilidade do servidor nomeado em cargo de provimento efetivo somente se verificará após este exercer três anos de atividade no cargo.
Questão 85

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens a seguir com base na CF.
A pessoa jurídica de direito público responderá pelos danos que seu agente público causar a terceiros, sendo assegurado a ela o direito de regresso contra o servidor responsável apenas em caso de dolo.
Questão 86

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Ainda de acordo com a CF, julgue os seguintes itens.
Os agentes comunitários de saúde podem ser admitidos pelo gestor local do SUS por meio de processo seletivo público em conformidade com a natureza, a complexidade e os requisitos específicos para sua atuação.
Questão 87

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Ainda de acordo com a CF, julgue os seguintes itens.
Atendimento integral com prioridade para as atividades preventivas, descentralização com direção única em cada esfera de governo e participação da comunidade são diretrizes que devem integrar as ações públicas de saúde.
Questão 88

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Ainda de acordo com a CF, julgue os seguintes itens.
O controle dos produtos e substâncias de interesse para a saúde e a participação na produção de medicamentos não competem ao SUS, pois sua atribuição é apenas de fiscalização.
Questão 89

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Ainda de acordo com a CF, julgue os seguintes itens.
A segurança pública é direito de todos, e, nesse sentido, incumbe à polícia civil a função de polícia judiciária da União.
Questão 90

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Ainda de acordo com a CF, julgue os seguintes itens.
A CF determina que, havendo possibilidade, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte.
Questão 91

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
O teto de um imóvel pertencente à União desabou em decorrência de fortes chuvas, as quais levaram o poder público a decretar estado de calamidade na região. Maria, servidora pública responsável por conduzir o processo licitatório para a contratação dos serviços de reparo pertinentes, diante da situação de calamidade pública, decidiu contratar mediante dispensa de licitação. Findo o processo de licitação, foi escolhida a Empresa Y, que apresentou preços superiores ao preço de mercado, mas, reservadamente, prometeu, caso fosse contratada pela União, realizar, com generoso desconto, uma grande reforma no banheiro da residência de Maria. Ao final, em razão da urgência, foi firmado contrato verbal entre a União e a Empresa Y e executados tanto os reparos contratados quanto a reforma prometida.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

A autoridade que tiver ciência da conduta de Maria será obrigada a promover a sua apuração imediata, mediante sindicância ou processo administrativo disciplinar.
Questão 92

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
O teto de um imóvel pertencente à União desabou em decorrência de fortes chuvas, as quais levaram o poder público a decretar estado de calamidade na região. Maria, servidora pública responsável por conduzir o processo licitatório para a contratação dos serviços de reparo pertinentes, diante da situação de calamidade pública, decidiu contratar mediante dispensa de licitação. Findo o processo de licitação, foi escolhida a Empresa Y, que apresentou preços superiores ao preço de mercado, mas, reservadamente, prometeu, caso fosse contratada pela União, realizar, com generoso desconto, uma grande reforma no banheiro da residência de Maria. Ao final, em razão da urgência, foi firmado contrato verbal entre a União e a Empresa Y e executados tanto os reparos contratados quanto a reforma prometida.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

Maria equivocou-se ao enquadrar a situação como típica de dispensa de licitação, tendo em vista que, nos casos de calamidade, é possível a contratação por inexigibilidade.
Questão 93

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
O teto de um imóvel pertencente à União desabou em decorrência de fortes chuvas, as quais levaram o poder público a decretar estado de calamidade na região. Maria, servidora pública responsável por conduzir o processo licitatório para a contratação dos serviços de reparo pertinentes, diante da situação de calamidade pública, decidiu contratar mediante dispensa de licitação. Findo o processo de licitação, foi escolhida a Empresa Y, que apresentou preços superiores ao preço de mercado, mas, reservadamente, prometeu, caso fosse contratada pela União, realizar, com generoso desconto, uma grande reforma no banheiro da residência de Maria. Ao final, em razão da urgência, foi firmado contrato verbal entre a União e a Empresa Y e executados tanto os reparos contratados quanto a reforma prometida.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

Na situação hipotética apresentada, não seria necessário juntar ao processo de licitação a justificativa de preço para contratação da Empresa Y.
Questão 94

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
O teto de um imóvel pertencente à União desabou em decorrência de fortes chuvas, as quais levaram o poder público a decretar estado de calamidade na região. Maria, servidora pública responsável por conduzir o processo licitatório para a contratação dos serviços de reparo pertinentes, diante da situação de calamidade pública, decidiu contratar mediante dispensa de licitação. Findo o processo de licitação, foi escolhida a Empresa Y, que apresentou preços superiores ao preço de mercado, mas, reservadamente, prometeu, caso fosse contratada pela União, realizar, com generoso desconto, uma grande reforma no banheiro da residência de Maria. Ao final, em razão da urgência, foi firmado contrato verbal entre a União e a Empresa Y e executados tanto os reparos contratados quanto a reforma prometida.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

Maria agiu com excesso de poder ao escolher a Empresa Y.
Questão 95

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
O teto de um imóvel pertencente à União desabou em decorrência de fortes chuvas, as quais levaram o poder público a decretar estado de calamidade na região. Maria, servidora pública responsável por conduzir o processo licitatório para a contratação dos serviços de reparo pertinentes, diante da situação de calamidade pública, decidiu contratar mediante dispensa de licitação. Findo o processo de licitação, foi escolhida a Empresa Y, que apresentou preços superiores ao preço de mercado, mas, reservadamente, prometeu, caso fosse contratada pela União, realizar, com generoso desconto, uma grande reforma no banheiro da residência de Maria. Ao final, em razão da urgência, foi firmado contrato verbal entre a União e a Empresa Y e executados tanto os reparos contratados quanto a reforma prometida.

Com referência a essa situação hipotética, julgue os itens que se seguem.

O contrato verbal firmado entre a União e a Empresa Y é nulo.
Questão 96

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens subsequentes, relativos a organização administrativa.
Não existe hierarquia entre o Ministério da Saúde e a ANVISA.
Questão 97

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens subsequentes, relativos a organização administrativa.
A saúde é direito de todos e dever do Estado. A União, no cumprimento desse dever, criou o Ministério da Saúde, com personalidade jurídica de direito público, e a ANVISA, entidade com personalidade jurídica de direito privado.
Questão 98

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
João, após aprovação em concurso público, foi nomeado em 2015 para integrar o quadro de uma entidade da administração indireta dotada de personalidade jurídica de direito privado.

Acerca dessa situação hipotética, julgue os itens seguintes.

Com a aprovação no referido concurso, João passará a ocupar cargo público efetivo regido pelo regime jurídico único dos servidores públicos civis.
Questão 99

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
João, após aprovação em concurso público, foi nomeado em 2015 para integrar o quadro de uma entidade da administração indireta dotada de personalidade jurídica de direito privado.

Acerca dessa situação hipotética, julgue os itens seguintes.

Na situação descrita, após três anos de efetivo exercício, João adquirirá a estabilidade estatutária, própria dos servidores públicos, desde que seja aprovado em estágio probatório.
Questão 100

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
João, após aprovação em concurso público, foi nomeado em 2015 para integrar o quadro de uma entidade da administração indireta dotada de personalidade jurídica de direito privado.

Acerca dessa situação hipotética, julgue os itens seguintes.

A partir das informações apresentadas na situação hipotética em apreço, é correto concluir que João foi nomeado para ocupar emprego público.
Questão 101

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca do regime jurídico-administrativo e do controle da administração pública, julgue os próximos itens.
A administração pública pode revogar seus atos por motivos de conveniência ou oportunidade, competindo, no entanto, exclusivamente ao Poder Judiciário a anulação de atos administrativos eivados de vícios de legalidade.
Questão 102

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca do regime jurídico-administrativo e do controle da administração pública, julgue os próximos itens.
A administração possui prerrogativas não extensíveis às relações privadas, mas sua liberdade de ação encontra-se sujeita a maiores restrições se comparada à dos atos praticados por particulares em suas relações.
Questão 103

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca do regime jurídico-administrativo e do controle da administração pública, julgue os próximos itens.
Uma ação ou omissão que, submetida a controle administrativo quanto à legalidade, seja considerada correta não poderá ser submetida a nenhuma outra medida de controle administrativo.
Questão 104

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Acerca do regime jurídico-administrativo e do controle da administração pública, julgue os próximos itens.
O controle judicial pode incidir sobre atividades administrativas realizadas em todos os poderes do Estado.
Questão 105

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens que se seguem, relativos aos fundamentos da responsabilidade civil do Estado atualmente adotados pelo direito brasileiro.
Em virtude da observância do princípio da supremacia do interesse público, será integralmente excluída a responsabilidade civil do Estado nos casos de culpa — seja exclusiva, seja concorrente — da vítima atingida pelo dano.
Questão 106

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens que se seguem, relativos aos fundamentos da responsabilidade civil do Estado atualmente adotados pelo direito brasileiro.
Um ato, ainda que lícito, praticado por agente público e que gere ônus exorbitante a um cidadão pode resultar em responsabilidade civil do Estado.
Questão 107

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Julgue os itens que se seguem, relativos aos fundamentos da responsabilidade civil do Estado atualmente adotados pelo direito brasileiro.
Para a caracterização da responsabilidade civil do Estado, basta a comprovação da qualidade de agente público, não se exigindo para isso que o agente esteja agindo no exercício de suas funções.
Questão 108

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere à gestão de recursos humanos das agências reguladoras e ao processo administrativo no âmbito da administração pública, julgue os itens subsequentes com base no disposto nas Leis nº 9.986/2000 e nº 9.784/1999.
De acordo com a lei que regulamenta a gestão de recursos humanos das agências reguladoras, na hipótese de inexistência de competência legal específica, o processo administrativo deverá ser iniciado perante a autoridade que primeiro avocar a competência para si.
Questão 109

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere à gestão de recursos humanos das agências reguladoras e ao processo administrativo no âmbito da administração pública, julgue os itens subsequentes com base no disposto nas Leis nº 9.986/2000 e nº 9.784/1999.
É vedada a nomeação de integrantes do conselho diretor ou da diretoria para os cargos de presidente, diretor-geral ou diretor-presidente de agência reguladora.
Questão 110

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
No que se refere à gestão de recursos humanos das agências reguladoras e ao processo administrativo no âmbito da administração pública, julgue os itens subsequentes com base no disposto nas Leis nº 9.986/2000 e nº 9.784/1999.
No âmbito da administração pública, o processo administrativo poderá ser impulsionado de ofício.
Questão 111

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Após comprovação da fabricação e comercialização do produto água sanitária sem registro, notificação ou cadastro na ANVISA, pela empresa AquaCloro Ltda., a ANVISA, por meio de resolução específica, proibiu a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto e determinou recolhimento de todos os lotes desse produto disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens a seguir.

A atribuição de proibir a fabricação, a distribuição e a comercialização em todo território nacional do saneante da empresa AquaCloro Ltda. não é exclusiva da ANVISA, podendo ser delegada aos estados e municípios, conforme descrito na lei que define o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária.
Questão 112

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Após comprovação da fabricação e comercialização do produto água sanitária sem registro, notificação ou cadastro na ANVISA, pela empresa AquaCloro Ltda., a ANVISA, por meio de resolução específica, proibiu a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto e determinou recolhimento de todos os lotes desse produto disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens a seguir.

As penalidades previstas em lei para as infrações cometidas pela empresa AquaCloro Ltda. poderiam incluir advertência, apreensão, inutilização, interdição, multa e(ou) prisão de dirigentes e estão todas elencadas no Regulamento da ANVISA.
Questão 113

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo

» Esta questão foi anulada pela banca.
Após comprovação da fabricação e comercialização do produto água sanitária sem registro, notificação ou cadastro na ANVISA, pela empresa AquaCloro Ltda., a ANVISA, por meio de resolução específica, proibiu a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto e determinou recolhimento de todos os lotes desse produto disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens a seguir.

A edição de resolução específica, a exemplo da que proibiu o comércio da água sanitária da empresa AquaCloro Ltda., é atribuição do diretor da ANVISA, conforme previsto no decreto que aprova o regulamento dessa agência.
Questão 114

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Após comprovação da fabricação e comercialização do produto água sanitária sem registro, notificação ou cadastro na ANVISA, pela empresa AquaCloro Ltda., a ANVISA, por meio de resolução específica, proibiu a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto e determinou recolhimento de todos os lotes desse produto disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens a seguir.

O produto descrito, água sanitária, é um saneante, conforme definido na legislação, e o controle e a fiscalização desse tipo de produto pela vigilância sanitária são previstos em diversos instrumentos legais.
Questão 115

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Após comprovação da fabricação e comercialização do produto água sanitária sem registro, notificação ou cadastro na ANVISA, pela empresa AquaCloro Ltda., a ANVISA, por meio de resolução específica, proibiu a fabricação, a distribuição, a divulgação, a comercialização e o uso do produto e determinou recolhimento de todos os lotes desse produto disponíveis nos estabelecimentos comerciais.

Considerando essa situação hipotética, julgue os itens a seguir.

Em conformidade com o princípio da descentralização das ações do SUS, a apreensão do produto água sanitária da empresa AquaCloro Ltda. pode ser realizada por agentes de vigilância sanitária do Distrito Federal, dos estados e dos municípios.
Questão 116

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
De acordo com a Lei nº 6.360/1976, julgue os próximos itens.
Na composição de um mesmo produto, será permitida a associação de inseticidas, os quais, entretanto, quando forem da mesma classe, deverão ter as concentrações dos elementos ativos reduzidas proporcionalmente.
Questão 117

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
De acordo com a Lei nº 6.360/1976, julgue os próximos itens.
Embalagem é identificação impressa ou litografada, bem como os dizeres pintados ou gravados a fogo, pressão ou decalque, aplicados diretamente sobre recipientes, vasilhames, invólucros, envoltórios, cartuchos ou qualquer outro protetor.
Questão 118

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
De acordo com a Lei nº 6.360/1976, julgue os próximos itens.
Embora possa diferir do medicamento de referência já registrado na ANVISA em características como tamanho e forma do produto, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veículos, o medicamento genérico deve assemelhar-se àquele em todas as demais características, devendo, ainda, ser sempre identificado por nome comercial ou marca.
Questão 119

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com base no disposto na Lei nº 6.437/1977, que regulamenta as infrações à legislação sanitária, julgue os seguintes itens.
As infrações sanitárias classificam-se em leve, média e grave. Verificada apenas uma circunstância agravante, a infração deverá ser definida como média.
Questão 120

ANVISA 2016 - CESPE - Técnico Administrativo
Com base no disposto na Lei nº 6.437/1977, que regulamenta as infrações à legislação sanitária, julgue os seguintes itens.
As penalidades previstas nessa lei serão aplicadas pelas autoridades sanitárias competentes, conforme as atribuições que lhes sejam conferidas pelas legislações respectivas ou por delegação de competência por meio de convênios.


Provas de Concursos » Cespe 2016