×
×

SEAP/SP 2009

Agente de Segurança Penitenciária

Questão 1

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Um filme de André Cayatte (“Justice
 
est faite”) conta a história de um réu acusado de um crime. Ele
 
alega inocência, o juiz fica em dúvida e, na dúvida, não o con-
 
dena à morte, mas à prisão por oito anos. Cayatte, que além de
5
cineasta era advogado militante, termina entrando na história com
 
o seguinte comentário: “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se
 
o réu é inocente, a pena foi muita. De qualquer forma, a justiça
 
dos homens foi feita”.
(Folha de S.Paulo, 05.03.2009)
Ao se deparar com a dúvida, o juiz

Questão 2

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Um filme de André Cayatte (“Justice
 
est faite”) conta a história de um réu acusado de um crime. Ele
 
alega inocência, o juiz fica em dúvida e, na dúvida, não o con-
 
dena à morte, mas à prisão por oito anos. Cayatte, que além de
5
cineasta era advogado militante, termina entrando na história com
 
o seguinte comentário: “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se
 
o réu é inocente, a pena foi muita. De qualquer forma, a justiça
 
dos homens foi feita”.
(Folha de S.Paulo, 05.03.2009)
O comentário de Cayatte deixa evidente que

Questão 3

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Um filme de André Cayatte (“Justice
 
est faite”) conta a história de um réu acusado de um crime. Ele
 
alega inocência, o juiz fica em dúvida e, na dúvida, não o con-
 
dena à morte, mas à prisão por oito anos. Cayatte, que além de
5
cineasta era advogado militante, termina entrando na história com
 
o seguinte comentário: “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se
 
o réu é inocente, a pena foi muita. De qualquer forma, a justiça
 
dos homens foi feita”.
(Folha de S.Paulo, 05.03.2009)
1
Para responder às questões seguintes, considere a frase
 
– Cayatte, que além de cineasta era advogado militante... –
Com a frase, entende-se que Cayatte

Questão 4

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Um filme de André Cayatte (“Justice
 
est faite”) conta a história de um réu acusado de um crime. Ele
 
alega inocência, o juiz fica em dúvida e, na dúvida, não o con-
 
dena à morte, mas à prisão por oito anos. Cayatte, que além de
5
cineasta era advogado militante, termina entrando na história com
 
o seguinte comentário: “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se
 
o réu é inocente, a pena foi muita. De qualquer forma, a justiça
 
dos homens foi feita”.
(Folha de S.Paulo, 05.03.2009)
1
Para responder às questões seguintes, considere a frase
 
– Cayatte, que além de cineasta era advogado militante... –
O termo militante significa

Questão 5

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Um filme de André Cayatte (“Justice
 
est faite”) conta a história de um réu acusado de um crime. Ele
 
alega inocência, o juiz fica em dúvida e, na dúvida, não o con-
 
dena à morte, mas à prisão por oito anos. Cayatte, que além de
5
cineasta era advogado militante, termina entrando na história com
 
o seguinte comentário: “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se
 
o réu é inocente, a pena foi muita. De qualquer forma, a justiça
 
dos homens foi feita”.
(Folha de S.Paulo, 05.03.2009)
No comentário de Cayatte – “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se o réu é inocente, a pena foi muita.” – as orações iniciadas pela conjunção Se expressam sentido de

Questão 6

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Um filme de André Cayatte (“Justice
 
est faite”) conta a história de um réu acusado de um crime. Ele
 
alega inocência, o juiz fica em dúvida e, na dúvida, não o con-
 
dena à morte, mas à prisão por oito anos. Cayatte, que além de
5
cineasta era advogado militante, termina entrando na história com
 
o seguinte comentário: “Se o réu é culpado, a pena foi pouca. Se
 
o réu é inocente, a pena foi muita. De qualquer forma, a justiça
 
dos homens foi feita”.
(Folha de S.Paulo, 05.03.2009)
Assinale a alternativa correta quanto ao emprego de parônimos.

Questão 7

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1


(Gazeta do Povo, online, 05.03.2009)
O personagem que vive no mundo do crime

Questão 8

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1


(Gazeta do Povo, online, 05.03.2009)
Quando diz – ... juro que nunca mais eu assalto! – o personagem está se expressando com

Questão 9

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1


(Gazeta do Povo, online, 05.03.2009)
A segunda fala da mulher revela que ela

Questão 10

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1


(Gazeta do Povo, online, 05.03.2009)
Com o verbo no futuro, a frase – Eu vou andar 10 km... – deve ser reescrita da seguinte forma:

Questão 11

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1


(Gazeta do Povo, online, 05.03.2009)
Considere as afirmações.

I. Na frase do personagem – … se eu encontrar um policial … – a palavra policial é um substantivo. Porém, na frase – Mais adiante, há posto policial. – essa mesma palavra tem valor adjetivo.

II. As palavras anzol e azul fazem o plural da mesma forma que policial.

III. O advérbio nunca é indicativo de causa.

Está correto apenas o que se afirma em

Questão 12

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1


(Gazeta do Povo, online, 05.03.2009)
Na primeira frase do primeiro quadrinho, a expressão dessa vida está empregada em sentido ___________, sugerindo um modo de vida __________.

Os espaços da frase devem ser preenchidos, correta e respectivamente, com

Questão 13

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
De acordo com o texto, uma família que “expunha” uma criança na Roda

Questão 14

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
Segundo as informações do texto, a caixa giratória era um expediente da Roda que

Questão 15

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
No título do texto, os termos estão flexionados, concordando gramaticalmente com

Questão 16

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
Em – Posteriormente, essa instituição passou a se denominar Educandário Sampaio Vieira... – o advérbio Posteriormente indica _________ e seu antônimo é ________.

Os espaços da frase devem ser preenchidos, correta e respectivamente, com

Questão 17

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
Assinale a alternativa correta quanto à pontuação.

Questão 18

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
Mantendo-se o mesmo modo e tempo verbal, a oração – Nenhuma das identidades era revelada. – pode ser reescrita da seguinte forma:

Questão 19

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
Fazendo um retrospecto na história, encontramos que a
 
primeira instituição com caráter de atendimento à infância tenha
 
nascido na Itália e se expandido por toda Europa e posteriormente
 
no Brasil. Chamava-se “Roda dos Expostos” e recebia essa de-
5
nominação porque em sua entrada havia um dispositivo que se
 
encaixava em um eixo giratório. Sua função era dar anonimato ao
 
abandono de crianças. Para “expor” uma criança bastava colocá-la
 
dentro da caixa, girá-la a 180º e apertar a campainha. Do outro lado
 
ficava o funcionário para receber a criança abandonada. Nenhuma
10
das identidades era revelada. Esta era uma instituição do tipo total,
 
pois as crianças passavam tempo integral de suas vidas e tinham
 
nela seu único abrigo. No Brasil, esse tipo de instituição chegou
 
por volta de 1726 e esteve em vigor até 1950.
 
A partir de 1935, a Casa de Expostos de São Paulo, locali-
15
zada no bairro do Pacaembu, passou a ser conhecida como Asilo
 
Sampaio Vieira. Posteriormente, essa instituição passou a se
 
denominar Educandário Sampaio Vieira, depois Casa da Criança
 
do Serviço Social de Menores, e por fim, constituiu-se como a
 
Unidade de Triagem Sampaio Viana (UT-1), da FEBEM-SP, que
20
atendia crianças do sexo masculino e feminino, de até seis anos
 
e onze meses.
(Sociologia: ciência&vida, ano II, número 17. Adaptado)
Analise as afirmações.

I. Em – ... localizada no bairro do Pacaembu... – se o termo localizada for substituído por próxima, haverá alteração da regência, devendo-se empregar ao no lugar de no.

II. Em – ... que atendia crianças do sexo masculino e feminino... – a forma verbal pode ser substituída por cuidava, sem alteração da regência verbal.

III. Em – ... que atendia crianças do sexo masculino e feminino... – atendia pode ser substituído, sem prejuízo de sentido, por assistia, devendo-se substituir crianças por à crianças.

Está correto apenas o que se afirma em

Questão 20

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Na semana passada, em Conchal (172 km
 
de São Paulo), uma mulher serviu um prato de coxinhas ao marido.
 
Este salivou profusamente e atacou uma delas com disposição.
 
Mas, na primeira engolida, sentiu um gosto estranho e comentou
5
que o quitute não estava nos padrões a que ela o acostumara. A
 
mulher deu um sorriso amarelo e disse que devia ser a pimenta-
 
do-reino.
 
O homem fez “Grmff!” e repassou as coxinhas a seu cachorro,
 
que o olhava com ar súplice, debaixo da mesa. O animal, fraco
10
em etiqueta e de paladar menos sofisticado, devorou a porção
 
quase de uma bocada. Ato contínuo, deu um ganido grosso, irreal,
 
como se dublasse a si mesmo, revirou os olhos e estatelou-se,
 
morto, na sala.
 
Desconfiado, o marido correu para o pronto-socorro, onde o
15
velho clister entrou em ação. Diante da suspeita de envenenamento,
 
a mulher confessou tudo ao delegado. Tinha desviado R$ 15 mil
 
da conta de ambos e temia que ele descobrisse.
(Folha de S.Paulo, 11.03.2009)
De acordo com o texto, o homem

Questão 21

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Na semana passada, em Conchal (172 km
 
de São Paulo), uma mulher serviu um prato de coxinhas ao marido.
 
Este salivou profusamente e atacou uma delas com disposição.
 
Mas, na primeira engolida, sentiu um gosto estranho e comentou
5
que o quitute não estava nos padrões a que ela o acostumara. A
 
mulher deu um sorriso amarelo e disse que devia ser a pimenta-
 
do-reino.
 
O homem fez “Grmff!” e repassou as coxinhas a seu cachorro,
 
que o olhava com ar súplice, debaixo da mesa. O animal, fraco
10
em etiqueta e de paladar menos sofisticado, devorou a porção
 
quase de uma bocada. Ato contínuo, deu um ganido grosso, irreal,
 
como se dublasse a si mesmo, revirou os olhos e estatelou-se,
 
morto, na sala.
 
Desconfiado, o marido correu para o pronto-socorro, onde o
15
velho clister entrou em ação. Diante da suspeita de envenenamento,
 
a mulher confessou tudo ao delegado. Tinha desviado R$ 15 mil
 
da conta de ambos e temia que ele descobrisse.
(Folha de S.Paulo, 11.03.2009)
O cachorro olhava seu dono com olhar súplice. Isso significa que o animal

Questão 22

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Na semana passada, em Conchal (172 km
 
de São Paulo), uma mulher serviu um prato de coxinhas ao marido.
 
Este salivou profusamente e atacou uma delas com disposição.
 
Mas, na primeira engolida, sentiu um gosto estranho e comentou
5
que o quitute não estava nos padrões a que ela o acostumara. A
 
mulher deu um sorriso amarelo e disse que devia ser a pimenta-
 
do-reino.
 
O homem fez “Grmff!” e repassou as coxinhas a seu cachorro,
 
que o olhava com ar súplice, debaixo da mesa. O animal, fraco
10
em etiqueta e de paladar menos sofisticado, devorou a porção
 
quase de uma bocada. Ato contínuo, deu um ganido grosso, irreal,
 
como se dublasse a si mesmo, revirou os olhos e estatelou-se,
 
morto, na sala.
 
Desconfiado, o marido correu para o pronto-socorro, onde o
15
velho clister entrou em ação. Diante da suspeita de envenenamento,
 
a mulher confessou tudo ao delegado. Tinha desviado R$ 15 mil
 
da conta de ambos e temia que ele descobrisse.
(Folha de S.Paulo, 11.03.2009)
Na frase – ... e atacou uma delas com disposição. – a preposição com forma uma expressão indicativa de

Questão 23

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Na semana passada, em Conchal (172 km
 
de São Paulo), uma mulher serviu um prato de coxinhas ao marido.
 
Este salivou profusamente e atacou uma delas com disposição.
 
Mas, na primeira engolida, sentiu um gosto estranho e comentou
5
que o quitute não estava nos padrões a que ela o acostumara. A
 
mulher deu um sorriso amarelo e disse que devia ser a pimenta-
 
do-reino.
 
O homem fez “Grmff!” e repassou as coxinhas a seu cachorro,
 
que o olhava com ar súplice, debaixo da mesa. O animal, fraco
10
em etiqueta e de paladar menos sofisticado, devorou a porção
 
quase de uma bocada. Ato contínuo, deu um ganido grosso, irreal,
 
como se dublasse a si mesmo, revirou os olhos e estatelou-se,
 
morto, na sala.
 
Desconfiado, o marido correu para o pronto-socorro, onde o
15
velho clister entrou em ação. Diante da suspeita de envenenamento,
 
a mulher confessou tudo ao delegado. Tinha desviado R$ 15 mil
 
da conta de ambos e temia que ele descobrisse.
(Folha de S.Paulo, 11.03.2009)
Assinale a alternativa correta quanto à concordância nominal.

Questão 24

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Na semana passada, em Conchal (172 km
 
de São Paulo), uma mulher serviu um prato de coxinhas ao marido.
 
Este salivou profusamente e atacou uma delas com disposição.
 
Mas, na primeira engolida, sentiu um gosto estranho e comentou
5
que o quitute não estava nos padrões a que ela o acostumara. A
 
mulher deu um sorriso amarelo e disse que devia ser a pimenta-
 
do-reino.
 
O homem fez “Grmff!” e repassou as coxinhas a seu cachorro,
 
que o olhava com ar súplice, debaixo da mesa. O animal, fraco
10
em etiqueta e de paladar menos sofisticado, devorou a porção
 
quase de uma bocada. Ato contínuo, deu um ganido grosso, irreal,
 
como se dublasse a si mesmo, revirou os olhos e estatelou-se,
 
morto, na sala.
 
Desconfiado, o marido correu para o pronto-socorro, onde o
15
velho clister entrou em ação. Diante da suspeita de envenenamento,
 
a mulher confessou tudo ao delegado. Tinha desviado R$ 15 mil
 
da conta de ambos e temia que ele descobrisse.
(Folha de S.Paulo, 11.03.2009)
1
Nas questões a seguir, indique a alternativa que com-
 
pleta, correta e respectivamente, os espaços da frase.
O marido se pôs ____ comer as coxinhas, sentiu um gosto estranho e disse ____ mulher que elas estavam fora de seu padrão culinário. Ela, então, respondeu que era devido ____ pimenta do reino.

Questão 25

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
1
RIO DE JANEIRO – Na semana passada, em Conchal (172 km
 
de São Paulo), uma mulher serviu um prato de coxinhas ao marido.
 
Este salivou profusamente e atacou uma delas com disposição.
 
Mas, na primeira engolida, sentiu um gosto estranho e comentou
5
que o quitute não estava nos padrões a que ela o acostumara. A
 
mulher deu um sorriso amarelo e disse que devia ser a pimenta-
 
do-reino.
 
O homem fez “Grmff!” e repassou as coxinhas a seu cachorro,
 
que o olhava com ar súplice, debaixo da mesa. O animal, fraco
10
em etiqueta e de paladar menos sofisticado, devorou a porção
 
quase de uma bocada. Ato contínuo, deu um ganido grosso, irreal,
 
como se dublasse a si mesmo, revirou os olhos e estatelou-se,
 
morto, na sala.
 
Desconfiado, o marido correu para o pronto-socorro, onde o
15
velho clister entrou em ação. Diante da suspeita de envenenamento,
 
a mulher confessou tudo ao delegado. Tinha desviado R$ 15 mil
 
da conta de ambos e temia que ele descobrisse.
(Folha de S.Paulo, 11.03.2009)
1
Nas questões a seguir, indique a alternativa que com-
 
pleta, correta e respectivamente, os espaços da frase.
Quando ______ em perigo, o marido foi ao pronto-socorro. Com a suspeita de envenenamento, o delegado interrogou a mulher e ela não _______ nada.

Questão 26

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Uma nova penitenciária foi projetada para acomodar 400 detentos em duas alas, sendo que a capacidade da ala maior corresponde a 5/3 da capacidade da ala menor. A ala maior foi projetada para acomodar

Questão 27

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Três agentes penitenciários fazem rondas noturnas em um determinado presídio. O primeiro tem que acionar o relógio de controle a cada 36 minutos; o segundo, a cada 24 minutos, e o terceiro, a cada 18 minutos. Dessa maneira, pode-se afirmar que eles acionam simultaneamente o relógio de controle a cada

Questão 28

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Trezentos detentos foram transferidos de um presídio superlotado e distribuídos em outras duas penitenciárias, em quantidades diretamente proporcionais ao número de vagas disponíveis em cada uma. Se a penitenciária A tinha 420 vagas disponíveis e se a penitenciária B recebeu 100 detentos, então o número de vagas disponíveis na penitenciária B era

Questão 29

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Quatro agentes penitenciários fizeram um determinado número total de horas extras no último mês. Sabe-se que Luís fez 1/5 desse total, que Mário fez o triplo de Luís, que João fez 1/3 do que Luís fez e que Otávio fez 5 horas extras. Pode-se concluir, então, que o número de horas extras que Mário fez nesse mês foi

Questão 30

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
O instrutor do curso de formação de agentes penitenciários constatou que a média aritmética das 5 melhores notas obtidas no curso foi igual a 8,6 e que se ele incluísse também a 6.ª melhor nota no cálculo, a média cairia para 8,4. Assim, pode-se afirmar que a 6.ª melhor nota desse curso foi

Questão 31

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Um determinado presídio abriga um total de 376 detentos em 72 celas. Sabe-se que uma parte dessas celas abriga 4 detentos por cela, e que a outra parte abriga 6 detentos por cela. O número de celas com 4 detentos é igual a

Questão 32

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
A tabela mostra a lotação máxima e o respectivo percentual de ocupação de três novos presídios construídos no interior:



Sabendo-se que os três presídios juntos abrigam um total de 800 detentos, pode-se afirmar que a porcentagem de ocupação do presídio C é

Questão 33

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Em um presídio há 400 detentos, sendo 240 no setor X e 160 no setor Y. Para realizar atividades na oficina de artes, o total de detentos foi dividido em grupos com o mesmo número de integrantes, sendo esse número o maior possível, sem deixar nenhum detento de fora e sem misturar os detentos dos dois setores. Dessa forma, foram formados

Questão 34

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Na oficina de trabalhos manuais, uma equipe de detentos realizou 2/5 de um trabalho em 8 dias, trabalhando 6 horas por dia. Mantendo a mesma produtividade por hora e trabalhando 2 horas a mais por dia, essa mesma equipe terminará o projeto em mais

Questão 35

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
No piso de um salão retangular, com área de 72 m², foram colocados dois tapetes iguais também retangulares que, juntos, ocupam 25% da área total do piso, conforme mostra a figura, cujas dimensões estão em metros. Pode-se concluir que a medida do lado maior de cada tapete é

Questão 36

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Um investidor aplicou R$ 25.000,00 no sistema de juro simples durante 8 meses e recebeu, ao final da aplicação, um montante de R$ 27.500,00. A taxa anual de juro simples dessa aplicação foi igual a

Questão 37

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Uma penitenciária tem dois pátios para banhos de sol. O pátio A é triangular e o pátio B é retangular, conforme mostram as figuras, cujas dimensões estão em metros. Sabendo-se que os perímetros dos pátios A e B somam 68 metros, e que Q = 1,5 P, pode-se afirmar que a área do pátio B é igual a

Questão 38

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Um eletricista usou 60% de um rolo de fio de cobre para fazer uma determinada ligação. Em seguida, usou 25% da quantidade de fio que restou no rolo para fazer 10 ligações iguais, utilizando 80 cm de fio em cada uma. Esse rolo tinha, inicialmente, uma quantidade de fio igual a

Questão 39

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
No seu treinamento diário, um atleta percorre várias vezes o trajeto indicado na figura, cujas dimensões estão em quilômetros. Dessa maneira, pode-se afirmar que a cada volta nesse trajeto ele percorre

Questão 40

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
O gráfico mostra os gols marcados e os gols sofridos pela equipe P nas 10 partidas do campeonato interno de futebol de um presídio. Analisando-se esse gráfico, é correto afirmar que, nesse campeonato, a equipe P

Questão 41

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
A operação Satiagraha continua a gerar polêmica. A mídia demonstrou que tal operação, desenvolvida pela Polícia Federal, serviu de fachada para o funcionamento de uma máquina ilegal de espionagem de políticos. Porém, o objetivo oficial anunciado pela Polícia Federal para o seu desencadeamento foi desmontar

Questão 42

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Leia o texto.

        Menina de nove anos grávida de gêmeos 
é submetida a aborto no Recife
A menina de 09 anos, que teria sido estuprada e estava grávida de gêmeos, foi submetida a um aborto na Maternidade Encruzilhada, da Universidade Estadual de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira. O principal suspeito da polícia para o estupro é o padrasto da criança, Jailson José da Silva, de 23 anos, que está preso.
(Último Segundo, Portal IG. 04.03.2009)

O fato deixou a sociedade brasileira perplexa. Todavia, as declarações de Dom José Cardoso Sobrinho, arcebispo de Olinda e Recife, trouxeram mais polêmica ao lamentável acontecimento. Segundo o arcebispo,

Questão 43

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
O caso Cesare Battisti ganhou grande repercussão na mídia nacional e internacional. O italiano é acusado, na Itália, de cometer uma série de crimes. Após passar um período na França, fugiu para o Brasil. Assinale a alternativa que aponta corretamente as posições do governo brasileiro e italiano sobre o caso.

Questão 44

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
A música é uma das principiais formas de expressão social. O cinquentenário desse estilo musical mereceu ampla cobertura da mídia nacional e inúmeras homenagens como programas especiais de televisão, shows e exposições. Trata-se do estilo musical conhecido como

Questão 45

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária


De acordo com o Conselho Nacional Eleitoral (CNE), com mais de 92% das urnas apuradas, a opção do sim obteve mais de 50% dos votos. Esse foi o resultado que consagrou a vitória do presidente venezuelano Hugo Chávez no referendo de domingo, 15 de fevereiro de 2009, e representou um importante passo para a República Bolivariana criada pelo Presidente, pois foi aprovado [a]

Questão 46

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
A ex-primeira-dama e ex-senadora norte-americana Hillary Clinton é a grande estrela da equipe de governo do Presidente Barack Obama. Ela é a responsável pela gestão

Questão 47

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
O importante economista Paul Krugman apresenta e explica as origens da crise que atinge a economia mundial, desde o segundo semestre de 2008, a partir das seguintes causas:

I. O estouro da bolha imobiliária que provocou uma epidemia de calotes e hipotecas. Esse fato, por sua vez, levou os títulos ancorados em tais hipotecas a perder grande parte de seu valor.

II. Essa perda de valor fez com que muitas instituições financeiras terminassem com pouco capital. Este é um problema particularmente sério porque todas se endividaram muito no período da bolha imobiliária.

III. Como as instituições financeiras têm muito pouco capital em relação a suas dívidas, elas não têm conseguido fornecer o crédito de que a economia precisa.

IV. Para pagar suas dívidas, essas instituições estão vendendo os seus papéis, incluindo os títulos ancorados em hipotecas, o que empurra ainda mais para baixo seu preço, consequentemente desvalorizando suas reservas. É um ciclo vicioso.

A partir das causas apontadas por Paul Krugman, é correto concluir que

Questão 48

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
O resgate de Ingrid Betancourt foi um dos acontecimentos mais marcantes do 2.º semestre de 2008. Após passar anos no cativeiro, Ingrid foi libertada pelo exército colombiano.

A ex-candidata à presidência da Colômbia foi sequestrada

Questão 49

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
Leia as afirmações sobre o conflito na Faixa de Gaza entre o Hamas e Israel, ocorrido no início de 2009.

I. As autoridades israelenses defenderam que a ação era necessária para forçar a interrupção dos ataques de foguetes, a partir de Gaza, contra as cidades do sul de Israel.

II. Os líderes do Hamas acusam o governo de Israel de cometer um genocídio, dizendo serem alvo de um ataque injustificado.

III. O presidente G. W. Bush, em final de mandato, recriminou a ação de Israel e defendeu o imediato reconhecimento da Palestina como um Estado soberano e independente.

IV. O governo do Egito foi um dos principais mediadores da tentativa de negociações e da paz entre o Hamas e Israel.

Está correto o contido em

Questão 50

SEAP/SP 2009 - VUNESP - Agente de Segurança Penitenciária
O cenário internacional assiste à ascensão do poder de novos Estados. A cerimônia do Oscar 2009, por exemplo, trouxe algumas novidades nesse contexto: a consagração do cinema indiano que conquistou importantes prêmios como, por exemplo, a cobiçada estatueta de melhor filme. Trata-se da película



Provas de Concursos » Vunesp 2009