×
Advogado Analista de Gestão - Biblioteca Analista de Gestão - Secretária Analista de Gestão - Recursos Humanos Analista de Gestão - Finanças Analista de Gestão - Contabilidade Técnico em Gestão - Informática Técnico em Gestão - Recursos Humanos Técnico em Gestão - Inspetoria de Alunos
×

FITO 2020

Técnico em Gestão - Assistência Administrativa

Questão 1

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 2

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
(Bill Watterson. O melhor de Calvin, 26.10.2019. https://cultura.estadao.com.br)
A atitude de Calvin nos três primeiros quadros revela

Questão 3

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
(Bill Watterson. O melhor de Calvin, 26.10.2019. https://cultura.estadao.com.br)
De acordo com a norma-padrão de pontuação, uma palavra que poderia estar entre vírgulas, no terceiro quadro, é

Questão 4

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
(Bill Watterson. O melhor de Calvin, 26.10.2019. https://cultura.estadao.com.br)
O vocábulo enquanto, no terceiro quadro, pode ser substituído sem prejuízo do sentido e da correção gramatical por:

Questão 5

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
(Bill Watterson. O melhor de Calvin, 26.10.2019. https://cultura.estadao.com.br)
Com relação ao trecho do último quadro “Como eu odeio garotas”, assinale a alternativa em que o vocábulo como foi empregado com valor equivalente.

Questão 6

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
(Bill Watterson. O melhor de Calvin, 26.10.2019. https://cultura.estadao.com.br)
Assinale a alternativa em que a concordância verbal ou nominal está em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa.

Questão 7

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
(Bill Watterson. O melhor de Calvin, 26.10.2019. https://cultura.estadao.com.br)
Assinale a alternativa que está redigida em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa.

Questão 8

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 9

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 10

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
No começo do mês, estive em Nova York. Durante as
 
semanas que antecederam a viagem, fui anotando dicas de
 
amigos em folhas de caderno, guardanapos, o que tivesse
 
à mão. Só de “o melhor hambúrguer do mundo”, consegui
5
umas sete sugestões; de “o cheesecake original”, quatro; e,
 
com os endereços para comer sanduíches, enchi frente e
 
verso de um papel A4.
 
Como amizade e comida boa são duas coisas que res-
 
peito muito, em dez dias nos Estados Unidos eu gabaritei as
10
anotações: voltei dois quilos mais gordo e, ainda no avião,
 
fiz a promessa de, nos próximos seis meses, não chegar a
 
menos de dez metros de uma batata frita.
 
O que de mais saboroso provei por lá, contudo, não foi
 
fast-food nem era uma especialidade local. Trata-se de um
15
vegetal. Ou, para ser mais exato, um fruto: uma dádiva dos
 
deuses que, infelizmente, não a encontramos por aqui. Cha-
 
ma-se tomate.
 
Assemelha-se bastante, por fora, àquele fruto ao qual,
 
em nosso país, também damos o nome de tomate, mas uma
20
vez que seus dentes penetram a carne macia, o suco abun-
 
dante escorre pelo queixo e o doce naturalmente se mescla
 
ao sal em sua língua, você entende que está diante de um
 
alimento completamente diferente.
 
Acontece que a qualidade do tomate está ligada, entre
25
outros fatores, à quantidade de água nele contida. Quanto
 
mais líquido, mais macio e saboroso. O problema é que a
 
maior presença de suco aumenta o sabor na mesma medida
 
em que reduz a durabilidade. Os agricultores, pensando mais
 
na performance de seu produto dentro dos caminhões do que
30
em cima dos pratos, passaram a priorizar os frutos mais “se-
 
cos”, foram cruzando-os e manipulando suas características
 
até que os transformaram nesse tímido vegetal que aguenta
 
todos os trancos da estrada, dura séculos na geladeira e qua-
 
se chega a ser crocante em nossos dentes.
35
Dou-me conta de que há questões mais urgentes a se-
 
rem tratadas em nosso país: levar água encanada para cin-
 
quenta milhões de pessoas, criar escolas que ensinem a ler
 
e escrever de verdade, evitar que a gente morra de bala per-
 
dida ou picada de mosquito. Mas queria pedir às autoridades
40
competentes, sejam elas públicas ou privadas, que, depois
 
de resolvidos os pepinos e descascados os abacaxis, ajudem
 
a plantar tomates de verdade no Brasil. A vida é curta, meus
 
caros, e não podemos medir esforços para deixá-la mais
 
doce, macia e suculenta.
(Antonio Prata. Fruto proibido. www.estadao.com.br, 13.12.2010. Adaptado)
O vocábulo priorizar, em destaque no texto, apresenta como antônimo no contexto em que se encontra:

Questão 11

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 12

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
No começo do mês, estive em Nova York. Durante as
 
semanas que antecederam a viagem, fui anotando dicas de
 
amigos em folhas de caderno, guardanapos, o que tivesse
 
à mão. Só de “o melhor hambúrguer do mundo”, consegui
5
umas sete sugestões; de “o cheesecake original”, quatro; e,
 
com os endereços para comer sanduíches, enchi frente e
 
verso de um papel A4.
 
Como amizade e comida boa são duas coisas que res-
 
peito muito, em dez dias nos Estados Unidos eu gabaritei as
10
anotações: voltei dois quilos mais gordo e, ainda no avião,
 
fiz a promessa de, nos próximos seis meses, não chegar a
 
menos de dez metros de uma batata frita.
 
O que de mais saboroso provei por lá, contudo, não foi
 
fast-food nem era uma especialidade local. Trata-se de um
15
vegetal. Ou, para ser mais exato, um fruto: uma dádiva dos
 
deuses que, infelizmente, não a encontramos por aqui. Cha-
 
ma-se tomate.
 
Assemelha-se bastante, por fora, àquele fruto ao qual,
 
em nosso país, também damos o nome de tomate, mas uma
20
vez que seus dentes penetram a carne macia, o suco abun-
 
dante escorre pelo queixo e o doce naturalmente se mescla
 
ao sal em sua língua, você entende que está diante de um
 
alimento completamente diferente.
 
Acontece que a qualidade do tomate está ligada, entre
25
outros fatores, à quantidade de água nele contida. Quanto
 
mais líquido, mais macio e saboroso. O problema é que a
 
maior presença de suco aumenta o sabor na mesma medida
 
em que reduz a durabilidade. Os agricultores, pensando mais
 
na performance de seu produto dentro dos caminhões do que
30
em cima dos pratos, passaram a priorizar os frutos mais “se-
 
cos”, foram cruzando-os e manipulando suas características
 
até que os transformaram nesse tímido vegetal que aguenta
 
todos os trancos da estrada, dura séculos na geladeira e qua-
 
se chega a ser crocante em nossos dentes.
35
Dou-me conta de que há questões mais urgentes a se-
 
rem tratadas em nosso país: levar água encanada para cin-
 
quenta milhões de pessoas, criar escolas que ensinem a ler
 
e escrever de verdade, evitar que a gente morra de bala per-
 
dida ou picada de mosquito. Mas queria pedir às autoridades
40
competentes, sejam elas públicas ou privadas, que, depois
 
de resolvidos os pepinos e descascados os abacaxis, ajudem
 
a plantar tomates de verdade no Brasil. A vida é curta, meus
 
caros, e não podemos medir esforços para deixá-la mais
 
doce, macia e suculenta.
(Antonio Prata. Fruto proibido. www.estadao.com.br, 13.12.2010. Adaptado)
Preservam-se as ideias encontradas no primeiro parágrafo do texto e a correção gramatical na frase:

Questão 13

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
No começo do mês, estive em Nova York. Durante as
 
semanas que antecederam a viagem, fui anotando dicas de
 
amigos em folhas de caderno, guardanapos, o que tivesse
 
à mão. Só de “o melhor hambúrguer do mundo”, consegui
5
umas sete sugestões; de “o cheesecake original”, quatro; e,
 
com os endereços para comer sanduíches, enchi frente e
 
verso de um papel A4.
 
Como amizade e comida boa são duas coisas que res-
 
peito muito, em dez dias nos Estados Unidos eu gabaritei as
10
anotações: voltei dois quilos mais gordo e, ainda no avião,
 
fiz a promessa de, nos próximos seis meses, não chegar a
 
menos de dez metros de uma batata frita.
 
O que de mais saboroso provei por lá, contudo, não foi
 
fast-food nem era uma especialidade local. Trata-se de um
15
vegetal. Ou, para ser mais exato, um fruto: uma dádiva dos
 
deuses que, infelizmente, não a encontramos por aqui. Cha-
 
ma-se tomate.
 
Assemelha-se bastante, por fora, àquele fruto ao qual,
 
em nosso país, também damos o nome de tomate, mas uma
20
vez que seus dentes penetram a carne macia, o suco abun-
 
dante escorre pelo queixo e o doce naturalmente se mescla
 
ao sal em sua língua, você entende que está diante de um
 
alimento completamente diferente.
 
Acontece que a qualidade do tomate está ligada, entre
25
outros fatores, à quantidade de água nele contida. Quanto
 
mais líquido, mais macio e saboroso. O problema é que a
 
maior presença de suco aumenta o sabor na mesma medida
 
em que reduz a durabilidade. Os agricultores, pensando mais
 
na performance de seu produto dentro dos caminhões do que
30
em cima dos pratos, passaram a priorizar os frutos mais “se-
 
cos”, foram cruzando-os e manipulando suas características
 
até que os transformaram nesse tímido vegetal que aguenta
 
todos os trancos da estrada, dura séculos na geladeira e qua-
 
se chega a ser crocante em nossos dentes.
35
Dou-me conta de que há questões mais urgentes a se-
 
rem tratadas em nosso país: levar água encanada para cin-
 
quenta milhões de pessoas, criar escolas que ensinem a ler
 
e escrever de verdade, evitar que a gente morra de bala per-
 
dida ou picada de mosquito. Mas queria pedir às autoridades
40
competentes, sejam elas públicas ou privadas, que, depois
 
de resolvidos os pepinos e descascados os abacaxis, ajudem
 
a plantar tomates de verdade no Brasil. A vida é curta, meus
 
caros, e não podemos medir esforços para deixá-la mais
 
doce, macia e suculenta.
(Antonio Prata. Fruto proibido. www.estadao.com.br, 13.12.2010. Adaptado)
Assinale a alternativa que apresenta, em destaque, vocábulo empregado em sentido figurado, segundo o contexto em que se encontra.

Questão 14

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
O peso de Eurídice se estabilizou, assim como a rotina
 
da família Gusmão Campelo. Antenor saía para o trabalho, os
 
filhos saíam para a escola e Eurídice ficava em casa, moendo
 
carne e remoendo os pensamentos estéreis que faziam da sua
5
vida infeliz. Ela não tinha emprego, ela já tinha ido para a
 
escola, e como preencher as horas do dia depois de arrumar as
 
camas, regar as plantas, varrer a sala, lavar a roupa, temperar
 
o feijão, refogar o arroz, preparar o suflê e fritar os bifes?
 
Porque Eurídice, vejam vocês, era uma mulher brilhante. Se lhe
10
dessem cálculos elaborados, ela projetaria pontes. Se lhe
 
dessem um laboratório, ela inventaria vacinas. Se lhe dessem
 
páginas brancas, ela escreveria clássicos. No entanto, o que lhe
 
deram foram cuecas sujas, que Eurídice lavou muito rápido e
 
muito bem, sentando-se em seguida no sofá, olhando as unhas
15
e pensando no que deveria pensar. E foi assim que concluiu
 
que não deveria pensar, e que, para não pensar, deveria se
 
manter ocupada todas as horas do dia, e que a única atividade
 
caseira que oferecia tal benefício era aquela que apresentava o
 
dom de ser quase infinita em suas demandas diárias: a
20
culinária. Eurídice jamais seria uma engenheira, nunca poria os
 
pés em um laboratório e não ousaria escrever versos, mas essa
 
mulher se dedicou à única atividade permitida que tinha um
 
certo quê de engenharia, ciência e poesia. Todas as manhãs,
 
depois de despertar, preparar, alimentar e se livrar do marido
25
e dos filhos, Eurídice abria o livro de receitas da Tia Palmira.
 
Martha Batalha. A vida invisível de Eurídice Gusmão. 1.ª ed.
 
São Paulo: Companhia das Letras, 2016 (com adaptações).
Infere-se do CG4A1-I que a personagem Eurídice dedicava-se à culinária porque

Questão 15

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
No começo do mês, estive em Nova York. Durante as
 
semanas que antecederam a viagem, fui anotando dicas de
 
amigos em folhas de caderno, guardanapos, o que tivesse
 
à mão. Só de “o melhor hambúrguer do mundo”, consegui
5
umas sete sugestões; de “o cheesecake original”, quatro; e,
 
com os endereços para comer sanduíches, enchi frente e
 
verso de um papel A4.
 
Como amizade e comida boa são duas coisas que res-
 
peito muito, em dez dias nos Estados Unidos eu gabaritei as
10
anotações: voltei dois quilos mais gordo e, ainda no avião,
 
fiz a promessa de, nos próximos seis meses, não chegar a
 
menos de dez metros de uma batata frita.
 
O que de mais saboroso provei por lá, contudo, não foi
 
fast-food nem era uma especialidade local. Trata-se de um
15
vegetal. Ou, para ser mais exato, um fruto: uma dádiva dos
 
deuses que, infelizmente, não a encontramos por aqui. Cha-
 
ma-se tomate.
 
Assemelha-se bastante, por fora, àquele fruto ao qual,
 
em nosso país, também damos o nome de tomate, mas uma
20
vez que seus dentes penetram a carne macia, o suco abun-
 
dante escorre pelo queixo e o doce naturalmente se mescla
 
ao sal em sua língua, você entende que está diante de um
 
alimento completamente diferente.
 
Acontece que a qualidade do tomate está ligada, entre
25
outros fatores, à quantidade de água nele contida. Quanto
 
mais líquido, mais macio e saboroso. O problema é que a
 
maior presença de suco aumenta o sabor na mesma medida
 
em que reduz a durabilidade. Os agricultores, pensando mais
 
na performance de seu produto dentro dos caminhões do que
30
em cima dos pratos, passaram a priorizar os frutos mais “se-
 
cos”, foram cruzando-os e manipulando suas características
 
até que os transformaram nesse tímido vegetal que aguenta
 
todos os trancos da estrada, dura séculos na geladeira e qua-
 
se chega a ser crocante em nossos dentes.
35
Dou-me conta de que há questões mais urgentes a se-
 
rem tratadas em nosso país: levar água encanada para cin-
 
quenta milhões de pessoas, criar escolas que ensinem a ler
 
e escrever de verdade, evitar que a gente morra de bala per-
 
dida ou picada de mosquito. Mas queria pedir às autoridades
40
competentes, sejam elas públicas ou privadas, que, depois
 
de resolvidos os pepinos e descascados os abacaxis, ajudem
 
a plantar tomates de verdade no Brasil. A vida é curta, meus
 
caros, e não podemos medir esforços para deixá-la mais
 
doce, macia e suculenta.
(Antonio Prata. Fruto proibido. www.estadao.com.br, 13.12.2010. Adaptado)
Encontra-se em conformidade com a norma-padrão da língua quanto à colocação dos pronomes a seguinte frase:

Questão 16

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 17

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
É só sair da estação Osasco da CPTM para chegar ao
 
principal polo varejista de rua do Estado de São Paulo – des-
 
contada a 25 de Março, claro.
 
Os quatro quarteirões fechados para carros que com-
5
põem o calçadão da rua Antônio Agú, em Osasco, concen-
 
tram 250 lojas e recebem 350 mil pessoas por dia.
 
Preços competitivos, fácil acesso e alternativa ao trânsi-
 
to de São Paulo são chamarizes para consumidores locais,
 
de cidades vizinhas (Barueri, Itapevi e Cotia) e de bairros da
10
zona oeste paulistana (Butantã e Jaguaré).
 
A locutora Sonia De Piere, 53, é uma paulistana que pre-
 
fere comprar em Osasco a enfrentar o trânsito em direção ao
 
centro de São Paulo. “O estacionamento é mais barato, os
 
preços são bons, e os supermercados distribuem sacolinha
15
plástica”, resume.
 
De acordo com a Associação Comercial e Empresarial
 
de Osasco, na época do Natal, o lugar recebe 1,5 milhão de
 
consumidores/dia. “A posição geográfica ajuda. Osasco era
 
bairro de São Paulo, e isso colaborou para que o comércio
20
crescesse de maneira vertiginosa”, diz André Menezes, pre-
 
sidente da entidade.
 
Ao longo do caminho, uma série de lojas lado a lado
 
supre demandas que vão de flores a eletrônicos. Há produtos naturais a granel, moda, bijuterias e utensílios para casa,
 
entre outros itens.
25
Mas o forte são os calçados. “A cidade é um dos berços
 
da comunidade armênia, que domina esse mercado”, explica Menezes.
(Amanda Nogueira. Calçadão de Osasco só perde para a 25 de Março em número de lojas. http://especial.folha.uol.com.br, 13.03.2016. Adaptado)
O vocábulo supre, em destaque no penúltimo parágrafo do texto, apresenta como sinônimo no contexto em que se encontra:

Questão 18

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
É só sair da estação Osasco da CPTM para chegar ao
 
principal polo varejista de rua do Estado de São Paulo – des-
 
contada a 25 de Março, claro.
 
Os quatro quarteirões fechados para carros que com-
5
põem o calçadão da rua Antônio Agú, em Osasco, concen-
 
tram 250 lojas e recebem 350 mil pessoas por dia.
 
Preços competitivos, fácil acesso e alternativa ao trânsi-
 
to de São Paulo são chamarizes para consumidores locais,
 
de cidades vizinhas (Barueri, Itapevi e Cotia) e de bairros da
10
zona oeste paulistana (Butantã e Jaguaré).
 
A locutora Sonia De Piere, 53, é uma paulistana que pre-
 
fere comprar em Osasco a enfrentar o trânsito em direção ao
 
centro de São Paulo. “O estacionamento é mais barato, os
 
preços são bons, e os supermercados distribuem sacolinha
15
plástica”, resume.
 
De acordo com a Associação Comercial e Empresarial
 
de Osasco, na época do Natal, o lugar recebe 1,5 milhão de
 
consumidores/dia. “A posição geográfica ajuda. Osasco era
 
bairro de São Paulo, e isso colaborou para que o comércio
20
crescesse de maneira vertiginosa”, diz André Menezes, pre-
 
sidente da entidade.
 
Ao longo do caminho, uma série de lojas lado a lado
 
supre demandas que vão de flores a eletrônicos. Há produtos naturais a granel, moda, bijuterias e utensílios para casa,
 
entre outros itens.
25
Mas o forte são os calçados. “A cidade é um dos berços
 
da comunidade armênia, que domina esse mercado”, explica Menezes.
(Amanda Nogueira. Calçadão de Osasco só perde para a 25 de Março em número de lojas. http://especial.folha.uol.com.br, 13.03.2016. Adaptado)
No trecho “Preços competitivos, fácil acesso e alternativa ao trânsito de São Paulo são chamarizes para consumi-dores locais…” (3º parágrafo), a vírgula foi empregada pelo mesmo motivo que no trecho:

Questão 19

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
É só sair da estação Osasco da CPTM para chegar ao
 
principal polo varejista de rua do Estado de São Paulo – des-
 
contada a 25 de Março, claro.
 
Os quatro quarteirões fechados para carros que com-
5
põem o calçadão da rua Antônio Agú, em Osasco, concen-
 
tram 250 lojas e recebem 350 mil pessoas por dia.
 
Preços competitivos, fácil acesso e alternativa ao trânsi-
 
to de São Paulo são chamarizes para consumidores locais,
 
de cidades vizinhas (Barueri, Itapevi e Cotia) e de bairros da
10
zona oeste paulistana (Butantã e Jaguaré).
 
A locutora Sonia De Piere, 53, é uma paulistana que pre-
 
fere comprar em Osasco a enfrentar o trânsito em direção ao
 
centro de São Paulo. “O estacionamento é mais barato, os
 
preços são bons, e os supermercados distribuem sacolinha
15
plástica”, resume.
 
De acordo com a Associação Comercial e Empresarial
 
de Osasco, na época do Natal, o lugar recebe 1,5 milhão de
 
consumidores/dia. “A posição geográfica ajuda. Osasco era
 
bairro de São Paulo, e isso colaborou para que o comércio
20
crescesse de maneira vertiginosa”, diz André Menezes, pre-
 
sidente da entidade.
 
Ao longo do caminho, uma série de lojas lado a lado
 
supre demandas que vão de flores a eletrônicos. Há produtos naturais a granel, moda, bijuterias e utensílios para casa,
 
entre outros itens.
25
Mas o forte são os calçados. “A cidade é um dos berços
 
da comunidade armênia, que domina esse mercado”, explica Menezes.
(Amanda Nogueira. Calçadão de Osasco só perde para a 25 de Março em número de lojas. http://especial.folha.uol.com.br, 13.03.2016. Adaptado)
Assinale a alternativa em que o termo entre parênteses substitui corretamente a expressão.

Questão 20

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
É só sair da estação Osasco da CPTM para chegar ao
 
principal polo varejista de rua do Estado de São Paulo – des-
 
contada a 25 de Março, claro.
 
Os quatro quarteirões fechados para carros que com-
5
põem o calçadão da rua Antônio Agú, em Osasco, concen-
 
tram 250 lojas e recebem 350 mil pessoas por dia.
 
Preços competitivos, fácil acesso e alternativa ao trânsi-
 
to de São Paulo são chamarizes para consumidores locais,
 
de cidades vizinhas (Barueri, Itapevi e Cotia) e de bairros da
10
zona oeste paulistana (Butantã e Jaguaré).
 
A locutora Sonia De Piere, 53, é uma paulistana que pre-
 
fere comprar em Osasco a enfrentar o trânsito em direção ao
 
centro de São Paulo. “O estacionamento é mais barato, os
 
preços são bons, e os supermercados distribuem sacolinha
15
plástica”, resume.
 
De acordo com a Associação Comercial e Empresarial
 
de Osasco, na época do Natal, o lugar recebe 1,5 milhão de
 
consumidores/dia. “A posição geográfica ajuda. Osasco era
 
bairro de São Paulo, e isso colaborou para que o comércio
20
crescesse de maneira vertiginosa”, diz André Menezes, pre-
 
sidente da entidade.
 
Ao longo do caminho, uma série de lojas lado a lado
 
supre demandas que vão de flores a eletrônicos. Há produtos naturais a granel, moda, bijuterias e utensílios para casa,
 
entre outros itens.
25
Mas o forte são os calçados. “A cidade é um dos berços
 
da comunidade armênia, que domina esse mercado”, explica Menezes.
(Amanda Nogueira. Calçadão de Osasco só perde para a 25 de Março em número de lojas. http://especial.folha.uol.com.br, 13.03.2016. Adaptado)
Quanto à ocorrência do acento indicativo de crase, assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas da frase a seguir:

Há sempre muito tumulto quando ________ pes soas saem ________ compras em épocas festivas. O ideal seria antecipá-las ________ fim de evitar sufocos.

Questão 21

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Em um concurso para determinado cargo, a quarta parte do número total de candidatos que fizeram a primeira fase foi aprovada e fez a segunda fase. Destes, metade foi aprovada, o que correspondeu a 80 candidatos. O número de candidatos reprovados na primeira fase desse concurso foi

Questão 22

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Carlos tem a terça parte da idade que tem Clara, e a soma das idades deles é igual a 36 anos. Logo, a diferença entre as idades de Clara e de Carlos é igual a

Questão 23

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Para a preparação de certo suco, utilizam-se três partes de água para cada parte de suco concentrado. Se for preparado 1 L desse suco (água mais suco concentrado), então a quantidade de água a ser utilizada é

Questão 24

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Duas cordas, uma com 1,2 m e a outra com 1,8 m de comprimento, serão divididas, sem desperdício, em pedaços de mesmo tamanho, sendo esse tamanho o maior possível. Após essa divisão, a soma dos comprimentos de 4 desses pedaços será igual a

Questão 25

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
O gráfico apresenta as notas de um aluno, nas disciplinas de matemática e química, nos três quadrimestres de 2019.



A média das notas de matemática desse aluno corresponde, da média das notas de química, a

Questão 26

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Um total de R$ 4.800,00 será dividido entre Ângela, Beatriz e Cláudio, de modo que Beatriz receberá R$ 100,00 a menos que Ângela, e Cláudio receberá R$ 200,00 a mais que Beatriz. O valor que receberá Beatriz é de

Questão 27

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Em um grupo de amigos, o número de casados supera o número de não casados em 3 pessoas. Sabendo-se que a razão entre os números de não casados e casados é 3/4, o número de pessoas nesse grupo é igual a

Questão 28

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 29

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
A média aritmética simples das idades de 5 pessoas de uma mesma família é 20 anos. Se 2 membros dessa família são irmãos gêmeos, e a média das idades dos outros 3 membros dessa família é 24 anos, então a idade de cada irmão gêmeo é

Questão 30

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Sobre os 1 430 candidatos que prestaram a última fase de um concurso, sabe-se que a razão entre o número de aprovados e o número de não aprovados é 4/7. O número de candidatos aprovados nessa fase do concurso é

Questão 31

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Considere a seguinte informação para responder às questões de números responder 31 e 32.
 
Em 2019, o número de pessoas atendidas em uma repartição
 
pública, no mês de novembro, foi 15% menor que o número
 
de pessoas atendidas, na mesma repartição, no mês de outubro.
Se, no mês de outubro, o número de pessoas atendidas foi igual a 140, então, para saber o número de pessoas atendidas em novembro, pode-se corretamente efetuar a seguinte operação:

Questão 32

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Considere a seguinte informação para responder às questões de números responder 31 e 32.
 
Em 2019, o número de pessoas atendidas em uma repartição
 
pública, no mês de novembro, foi 15% menor que o número
 
de pessoas atendidas, na mesma repartição, no mês de outubro.
Sabendo-se que, no mês de novembro, foram atendidas 136 pessoas, o número de pessoas atendidas no mês de outubro foi

Questão 33

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
O peso de Eurídice se estabilizou, assim como a rotina
 
da família Gusmão Campelo. Antenor saía para o trabalho, os
 
filhos saíam para a escola e Eurídice ficava em casa, moendo
 
carne e remoendo os pensamentos estéreis que faziam da sua
5
vida infeliz. Ela não tinha emprego, ela já tinha ido para a
 
escola, e como preencher as horas do dia depois de arrumar as
 
camas, regar as plantas, varrer a sala, lavar a roupa, temperar
 
o feijão, refogar o arroz, preparar o suflê e fritar os bifes?
 
Porque Eurídice, vejam vocês, era uma mulher brilhante. Se lhe
10
dessem cálculos elaborados, ela projetaria pontes. Se lhe
 
dessem um laboratório, ela inventaria vacinas. Se lhe dessem
 
páginas brancas, ela escreveria clássicos. No entanto, o que lhe
 
deram foram cuecas sujas, que Eurídice lavou muito rápido e
 
muito bem, sentando-se em seguida no sofá, olhando as unhas
15
e pensando no que deveria pensar. E foi assim que concluiu
 
que não deveria pensar, e que, para não pensar, deveria se
 
manter ocupada todas as horas do dia, e que a única atividade
 
caseira que oferecia tal benefício era aquela que apresentava o
 
dom de ser quase infinita em suas demandas diárias: a
20
culinária. Eurídice jamais seria uma engenheira, nunca poria os
 
pés em um laboratório e não ousaria escrever versos, mas essa
 
mulher se dedicou à única atividade permitida que tinha um
 
certo quê de engenharia, ciência e poesia. Todas as manhãs,
 
depois de despertar, preparar, alimentar e se livrar do marido
25
e dos filhos, Eurídice abria o livro de receitas da Tia Palmira.
 
Martha Batalha. A vida invisível de Eurídice Gusmão. 1.ª ed.
 
São Paulo: Companhia das Letras, 2016 (com adaptações).
Infere-se do CG4A1-I que a personagem Eurídice dedicava-se à culinária porque

Questão 34

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Em 2 horas de trabalho ininterrupto, 5 máquinas iguais, todas trabalhando com a capacidade máxima, iniciando e terminando ao mesmo tempo, produzem certa quantidade de um produto automotivo. Para produzirem metade da referida quantidade, com apenas 4 dessas máquinas, nas mesmas condições de trabalho, espera-se que o tempo mínimo necessário seja de

Questão 35

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Uma caixa d’água, no formato interno de paralelepípedo reto retangular, tem como dimensões 3 m, 2 m e 1,5 m. Nessa caixa, há 1,02 m³ de água, e ela será alimentada com água à razão de 2,1 m³ por hora, até ficar totalmente cheia. O tempo necessário em que ela receberá água, até ficar cheia, será de

Questão 36

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 37

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Antonio comprou 10 unidades de um produto A e 12 unidades de um produto B, gastando, nessa compra, o total de R$ 390,00. Joana comprou 12 unidades do mesmo produto A e 10 unidades do mesmo produto B e gastou, ao todo, R$ 436,00 nessa compra. Se Joana pagou, em cada unidade dos produtos A e B, respectivamente, R$ 3,00 e R$ 2,00 a mais que o valor pago por Antonio, então, em cada unidade do produto A e em cada unidade do produto B, ela pagou, respectivamente, os valores de

Questão 38

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Para a fabricação de um produto líquido, utiliza-se uma matéria prima que é comprada ao preço de R$ 15,00 o litro, e sabe-se que, com 10 litros dessa matéria prima, são fabricados 70 litros desse produto, que é vendido a R$ 5,00, o litro. Certo dia, o valor obtido com a venda desse produto foi de R$ 1.120,00. Logo, o valor gasto com a matéria prima correspondente à fabricação da quantidade de litros vendidos, nesse dia, foi de

Questão 39

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
A figura a seguir representa uma peça em forma prisma triangular.



A soma das áreas de todas as faces dessa peça é igual a

Questão 40

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Considere uma circunferência de centro A e um triângulo de vértices B, C e D pertencentes a essa circunferência, sendo o ponto A pertencente ao lado BC, conforme representado na figura.



Considere, também, os ângulos de vértices B, C e D como ângulos internos ao triângulo BCD.

Sendo assim, é correto afirmar que a medida do ângulo de vértice D é igual

Questão 41

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
O MS-Windows 7, em sua configuração original, possui um conjunto de aplicativos que faz parte dos acessórios padrão.

Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, um aplicativo que faz parte dos acessórios padrão e um aplicativo que não faz parte dos acessórios padrão.

Questão 42

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 43

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Um usuário do MS-Word 2010, em sua configuração padrão, precisa aplicar o recurso de formatação de Fonte sobrescrito numa palavra previamente selecionada.

O ícone usado para aplicar o recurso descrito no enunciado é:

Questão 44

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
A imagem a seguir mostra um parágrafo de um documento sendo editado por meio do MS-Word 2010, em sua configuração padrão.



O alinhamento aplicado ao parágrafo exibido na imagem é:

Questão 45

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Considere a planilha a seguir, elaborada por meio do MS-
 
-Excel 2010, em sua configuração padrão, para responder às
 
questões de números 45 e 46.
 
5
O valor exibido na célula A4, após esta ser preenchida com a fórmula =MÉDIA(A2:C3), será:

Questão 46

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Considere a planilha a seguir, elaborada por meio do MS-
 
-Excel 2010, em sua configuração padrão, para responder às
 
questões de números 45 e 46.
 
5
A fórmula que, ao ser colocada na célula B4, resultará no valor 3 é

Questão 47

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Um usuário digitou uma planilha por meio do MS-Excel 2010, em sua configuração padrão, e depois selecionou um intervalo de células, conforme visto na imagem a seguir.



Após selecionar o intervalo visto na imagem, o usuário clicou com o botão principal do mouse no ícone .

A data que será exibida na célula B6, após o clique será:

Questão 48

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Um usuário salvou algumas imagens da internet em seu computador. Em seguida, utilizou o ícone a seguir para que sua apresentação no MS-PowerPoint 2010, em sua configuração padrão, contivesse as imagens desejadas.



A guia onde se localiza o ícone exibido é

Questão 49

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
1
Na década de cinquenta, cresceu a participação
 
feminina no mercado de trabalho, especialmente no setor de
 
serviços de consumo coletivo, em escritórios, no comércio ou
 
em serviços públicos. Surgiram então mais oportunidades de
5
emprego em profissões como as de enfermeira, professora,
 
funcionária burocrática, médica, assistente social, vendedora,
 
as quais exigiam das mulheres certa qualificação e, em
 
contrapartida, tornavam-nas profissionais remuneradas. Essa
 
tendência demandou maior escolaridade feminina e provocou,
10
sem dúvida, mudanças no status social das mulheres.
 
Entretanto, eram nítidos os preconceitos que cercavam o
 
trabalho feminino nessa época. Como as mulheres ainda eram
 
vistas prioritariamente como donas de casa e mães, a ideia da
 
incompatibilidade entre casamento e vida profissional tinha
15
grande força no imaginário social. Um dos principais
 
argumentos dos que viam com ressalvas o trabalho feminino
 
era o de que, trabalhando, a mulher deixaria de lado seus
 
afazeres domésticos e suas atenções e cuidados para com o
 
marido: ameaças não só à organização doméstica como
20
também à estabilidade do matrimônio.
 
Carla Bassanezi. Mulheres dos anos dourados. In: História das mulheres
 
no Brasil. 8.ª ed. São Paulo: Con
Infere-se do CG4A1-II que, na década de cinquenta, as mulheres

Questão 50

FITO 2020 - VUNESP - Técnico em Gestão - Assistência Administrativa
Um usuário, ao preparar um e-mail e não enviá-lo imediatamente, pode, para não perder o trabalho feito, salvar o e-mail para envio posteriormente.

O recurso que permite salvar um e-mail ainda não enviado é



Provas de Concursos » Vunesp 2020