Questões de Concursos de Atualidades

Questões sobre Cultura

Questão 1
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
SEFAZ/SP 2013 - FCC - Agente Fiscal de Rendas - Tecnologia da Informação
Na relação dos dez filmes de longa metragem com maior bilheteria no Brasil, dentre os exibidos em 2012, a única produção nacional foi

Questão 2
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Polícia Militar 2012 - VUNESP - Soldado Segunda Classe
Considere dois exemplos de obras de um intelectual brasileiro morto recentemente.


O desenhista, jornalista, dramaturgo e escritor morreu na noite de terça-feira (27.03.2012) aos 88 anos, em sua casa no Rio.
De acordo com a família, ele sofreu falência múltipla dos órgãos e parada cardíaca.

Trata-se de

Questão 3
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
FPTE/SP 2012 - FCC - Assistente de Gestão de Políticas Públicas
Nas Olimpíadas de 2012, realizadas em Londres, o Brasil conquistou medalhas de ouro em

Questão 4
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
FPTE/SP 2012 - FCC - Assistente de Gestão de Políticas Públicas



Nesta poesia do concretista Augusto de Campos, ao aproximarmos nossos olhos do papel veremos somente a palavra "luxo". Entretanto, quando observamos o conjunto, podemos ler a palavra "lixo". Ao analisarmos o padrão de consumo crescente das sociedades atuais e relacionarmos com a poesia acima Luxo/Lixo, pode-se afirmar que

Questão 5
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Câmara dos Deputados 2012 - CESPE - Analista Legislativo - Técnica Legislativa/ Tarde
1
O Brasil nunca mais seria o mesmo após aqueles três dias
 
de vertigem e vaias no teatro refinado de São Paulo. A Semana de
 
Arte Moderna apresentou ao país seus “neotupis”: os poetas Mário
 
e Oswald de Andrade, a pintora Anita Malfatti, o compositor
5
Villa-Lobos. A Semana rompeu com o passado e apresentou o
 
Brasil das letras ao Brasil das calçadas. Plantou o pau-brasil — e só
 
poupou o Machado.
 
(...)
 
As vaias viraram urros e os urros se tornaram ofensas. O
10
poeta seguia berrando, sob os riffs lancinantes da guitarra: “Vocês
 
estão por fora. Vocês não dão pra entender. Mas que juventude é
 
essa? Vocês são iguais sabem a quem? Sabem a quem? Àqueles que
 
foram no Roda Viva e espancaram os atores. Não diferem em nada
 
deles”. Era 12/9/1968 e, acompanhado dos Mutantes, Caetano
15
Veloso estava tentando apresentar a canção É proibido proibir.
Eduardo Bueno. Brasil: uma história — cinco séculos de um país em construção. São Paulo: Leya, 2010, p. 319-20 e p. 403 (com adaptações).
Tendo o texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da cultura brasileira, julgue os itens que se seguem.
No contexto citado, Caetano Veloso colocava-se na linha de frente de um movimento artístico-cultural inovador: a Tropicália. O título da canção citada no texto remete ao movimento contestatório de 1968, que começou em Paris, com as manifestações estudantis, e se espalhou por várias regiões do mundo.
Questão 6
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Câmara dos Deputados 2012 - CESPE - Analista Legislativo - Técnica Legislativa/ Tarde
1
O Brasil nunca mais seria o mesmo após aqueles três dias
 
de vertigem e vaias no teatro refinado de São Paulo. A Semana de
 
Arte Moderna apresentou ao país seus “neotupis”: os poetas Mário
 
e Oswald de Andrade, a pintora Anita Malfatti, o compositor
5
Villa-Lobos. A Semana rompeu com o passado e apresentou o
 
Brasil das letras ao Brasil das calçadas. Plantou o pau-brasil — e só
 
poupou o Machado.
 
(...)
 
As vaias viraram urros e os urros se tornaram ofensas. O
10
poeta seguia berrando, sob os riffs lancinantes da guitarra: “Vocês
 
estão por fora. Vocês não dão pra entender. Mas que juventude é
 
essa? Vocês são iguais sabem a quem? Sabem a quem? Àqueles que
 
foram no Roda Viva e espancaram os atores. Não diferem em nada
 
deles”. Era 12/9/1968 e, acompanhado dos Mutantes, Caetano
15
Veloso estava tentando apresentar a canção É proibido proibir.
Eduardo Bueno. Brasil: uma história — cinco séculos de um país em construção. São Paulo: Leya, 2010, p. 319-20 e p. 403 (com adaptações).
Tendo o texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da cultura brasileira, julgue os itens que se seguem.
Villa-Lobos é considerado grande expoente da música erudita produzida no Brasil. Na Era Vargas, integrou sua arte ao projeto nacionalista empreendido pelo Estado, produzindo obras de temática essencialmente brasileira e difundindo o estudo da música no sistema educacional.
Questão 7
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Câmara dos Deputados 2012 - CESPE - Analista Legislativo - Técnica Legislativa/ Tarde
1
O Brasil nunca mais seria o mesmo após aqueles três dias
 
de vertigem e vaias no teatro refinado de São Paulo. A Semana de
 
Arte Moderna apresentou ao país seus “neotupis”: os poetas Mário
 
e Oswald de Andrade, a pintora Anita Malfatti, o compositor
5
Villa-Lobos. A Semana rompeu com o passado e apresentou o
 
Brasil das letras ao Brasil das calçadas. Plantou o pau-brasil — e só
 
poupou o Machado.
 
(...)
 
As vaias viraram urros e os urros se tornaram ofensas. O
10
poeta seguia berrando, sob os riffs lancinantes da guitarra: “Vocês
 
estão por fora. Vocês não dão pra entender. Mas que juventude é
 
essa? Vocês são iguais sabem a quem? Sabem a quem? Àqueles que
 
foram no Roda Viva e espancaram os atores. Não diferem em nada
 
deles”. Era 12/9/1968 e, acompanhado dos Mutantes, Caetano
15
Veloso estava tentando apresentar a canção É proibido proibir.
Eduardo Bueno. Brasil: uma história — cinco séculos de um país em construção. São Paulo: Leya, 2010, p. 319-20 e p. 403 (com adaptações).
Tendo o texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da cultura brasileira, julgue os itens que se seguem.
Por combater um passado cultural considerado submisso aos padrões estéticos europeus, os modernistas desqualificaram a arte barroca colonial e retiraram dos pedestais em que se encontravam figuras exponenciais da literatura brasileira, como o consagrado autor de Dom Casmurro e de Memórias Póstumas de Brás Cubas.
Questão 8
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Câmara dos Deputados 2012 - CESPE - Analista Legislativo - Técnica Legislativa/ Tarde
1
O Brasil nunca mais seria o mesmo após aqueles três dias
 
de vertigem e vaias no teatro refinado de São Paulo. A Semana de
 
Arte Moderna apresentou ao país seus “neotupis”: os poetas Mário
 
e Oswald de Andrade, a pintora Anita Malfatti, o compositor
5
Villa-Lobos. A Semana rompeu com o passado e apresentou o
 
Brasil das letras ao Brasil das calçadas. Plantou o pau-brasil — e só
 
poupou o Machado.
 
(...)
 
As vaias viraram urros e os urros se tornaram ofensas. O
10
poeta seguia berrando, sob os riffs lancinantes da guitarra: “Vocês
 
estão por fora. Vocês não dão pra entender. Mas que juventude é
 
essa? Vocês são iguais sabem a quem? Sabem a quem? Àqueles que
 
foram no Roda Viva e espancaram os atores. Não diferem em nada
 
deles”. Era 12/9/1968 e, acompanhado dos Mutantes, Caetano
15
Veloso estava tentando apresentar a canção É proibido proibir.
Eduardo Bueno. Brasil: uma história — cinco séculos de um país em construção. São Paulo: Leya, 2010, p. 319-20 e p. 403 (com adaptações).
Tendo o texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da cultura brasileira, julgue os itens que se seguem.
Os artistas da Bossa Nova, surgida em fins dos anos 50 do século passado na Zona Sul do Rio de Janeiro, revisitavam, de maneira inovadora, a tradicional música popular brasileira, nela introduzindo, entre outras inovações, uma batida diferente do violão, como a de João Gilberto, e novas inflexões vocais.
Questão 9
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Câmara dos Deputados 2012 - CESPE - Analista Legislativo - Técnica Legislativa/ Tarde
1
O Brasil nunca mais seria o mesmo após aqueles três dias
 
de vertigem e vaias no teatro refinado de São Paulo. A Semana de
 
Arte Moderna apresentou ao país seus “neotupis”: os poetas Mário
 
e Oswald de Andrade, a pintora Anita Malfatti, o compositor
5
Villa-Lobos. A Semana rompeu com o passado e apresentou o
 
Brasil das letras ao Brasil das calçadas. Plantou o pau-brasil — e só
 
poupou o Machado.
 
(...)
 
As vaias viraram urros e os urros se tornaram ofensas. O
10
poeta seguia berrando, sob os riffs lancinantes da guitarra: “Vocês
 
estão por fora. Vocês não dão pra entender. Mas que juventude é
 
essa? Vocês são iguais sabem a quem? Sabem a quem? Àqueles que
 
foram no Roda Viva e espancaram os atores. Não diferem em nada
 
deles”. Era 12/9/1968 e, acompanhado dos Mutantes, Caetano
15
Veloso estava tentando apresentar a canção É proibido proibir.
Eduardo Bueno. Brasil: uma história — cinco séculos de um país em construção. São Paulo: Leya, 2010, p. 319-20 e p. 403 (com adaptações).
Tendo o texto acima como referência inicial e considerando aspectos marcantes da cultura brasileira, julgue os itens que se seguem.
No campo da música popular, há consenso acerca da importância de Noel Rosa para o surgimento de um gênero musical, o samba, que se tornaria sinônimo de música brasileira. Ao longo de sua vida, que se estendeu por mais de oitenta anos, o poeta da Vila, como ficou conhecido Noel Rosa, também se destacou na composição de boleros, valsas e maxixes.
Questão 10
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Metrô/SP 2012 - FCC - Assistente Administrativo Júnior
Em 2011, o mercado editorial brasileiro produziu um livro de autoajuda que se tornou o livro de maior vendagem de todos os tempos, ultrapassando 7 milhões de exemplares, segundo a revista Época [26/12/2011]. Trata-se de

Questão 11
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Metrô/SP 2012 - FCC - Oficial Logística Almoxarifado I
Houve muita polêmica e especulação sobre a idade da atriz que viverá a personagem central da adaptação do romance Gabriela, Cravo e Canela, uma nova minissérie. O romance é uma das obras de um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos, cujo centenário de nascimento ocorrerá neste ano de 2012. Trata-se de

Questão 12
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
MPE/PE 2012 - FCC - Analista Ministerial - Comunicação Social/Jornalismo
Quinze anos após o início da captação de recursos, que em fevereiro de 2006 chegavam a R$ 36,5 milhões em dinheiro público, o filme sobre um dos mais influentes empresários do jornalismo brasileiro ficou pronto, mas só em DVD. A informação foi dada pelo diretor Guilherme Fontes ao Ministério Público em junho de 2010. A película é uma adaptação da biografia escrita por Fernando Morais sobre

Questão 13
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Metrô/SP 2012 - FCC - Analista Desenvolvimento Gestão Júnior - Comunicação Social
Na novela “Senhora do Destino”, a protagonista Maria do Carmo, vivida pela atriz Suzana Vieira, era proprietária de uma loja de materiais de construção. Por conta disso, muitas falas de Maria do Carmo tratavam de alguns produtos/marcas da área e outros produtos de beleza e de consumo no lar. Tais referências são conhecidas por

Questão 14
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
Câmara de Mauá/SP 2012 - VUNESP - Técnico Legislativo
O desenhista, jornalista, dramaturgo e escritor morreu na noite de terça-feira, 27 de março, aos 88 anos, em sua casa, no Rio.
Ele foi um dos colaboradores de O Pasquim, reconhecido por seu papel de oposição ao regime militar.
(Folha.com, 28.03.2012. Adaptado)

O texto faz referência à morte de

Questão 15
Matéria: Atualidades
Assunto: Cultura
IAMSPE 2012 - VUNESP - Oficial Administrativo
Um conhecido ator brasileiro “recebeu na manhã desta quinta- -feira (12), no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, uma infusão de células-tronco de sangue periférico, como parte do autotransplante de medula óssea.” Ele luta contra um câncer no sistema linfático desde agosto do ano passado.

Segundo boletim médico divulgado na tarde desta quinta, o “procedimento transcorreu sem intercorrências e o paciente permanecerá internado para recuperação.”

(http://g1.globo.com. 12.01.2012. Adaptado)

O nome desse ator é

Esse tópico também aparece nos editais com os seguintes nomes:
  • - Cultura Geral
  • - Cultura e sociedade brasileira
  • - Cultura nacional e internacional
  • - Cultura
  • - Fatos sociais
  • - Cultura e sociedade brasileira: música, literatura, artes, arquitetura, rádio, cinema, teatro, jornais, revistas e televisão
  • - Artes e literatura
  • - Artes e literatura, e suas vinculações históricas
 
×
AFO e Contabilidade Pública Administração Arquivologia Assistência Social e Saúde Pública Atualidades Comunicação Conhecimentos Bancários Direito Administrativo Direito Civil Direito Constitucional Direito Eleitoral Direito Penal Militar Direito Processual Civil Direito Processual Penal Direito Processual Penal Militar Direito Processual Tributário Direito Processual do Trabalho Direito Tributário Direito da Criança, do Adolescente e do Idoso Direito do Trabalho Direito penal e processual penal - Leis extravagantes Direitos Humanos Economia Finanças Geografia História Informática Básica Inglês Legislação de Trânsito e da PRF Organização e competência Português Racioc. Lógico e Matemático Regulação Sociologia do Direito Tecnologia da Informação Ética
×
Assuntos de Questões sobre Cultura:
Ciência e tecnologia Direito Economia internacional Economia nacional Educação Energia História do parlamento Meio ambiente Política e relações internacionais Política nacional Saúde Segurança pública Sociedade brasileira Transportes